quinta-feira, 31 de maio de 2012

Maranhenses agitam o mercado da bola

Diones e Elkesson, dois dos 14 jogadores maranhenses que entram em campo no Brasileirão de 2012. Além disso, são dois jogadores que podem ser envolvidos em negociações no mercado da bola neste primeiro semestre do futebol brasileiro.

O volante revelado no Maranhão e bicampeão baiano, atualmente no Bahia, Diones pode ser envolvido em uma negociação com o Flamengo. O rubro-negro estuda a possibilidade de ter o volante do Bahia para que o goleiro Marcelo Lomba permaneça no Fazendão, onde é a segurança da equipe embaixo das traves. No momento, está no campo da especulação.

Já o meia do Botafogo, Elkesson, que se destacou no Vitória nos últimos anos e fez bons jogos pelo clube de General Severiano em 2011, não vem bem em 2012. Apesar disso, o time da estrela solitária já recusou uma proposta de R$ 10 milhões da Juventus, mas agora vê com bons olhos uma transferência do meia.

O possível destino de Elkesson pode ser o futebol italiano, mas não para a atual campeã do Calcio. O Bologna já teria feito uma proposta de R$ 11 milhões pelo meia. Além do clube italiano, os ucranianos do Shaktar também teriam interesse e já teria feito uma proposta de R$ 15 milhões por Elkesson. Agora resta saber onde vai parar o super estimado Elkesson.

***Rapidinhas***

Chelsea quer Hulk
Sonho dos Blues desde a chegada Vilas Boas, que não resistiu as pressões de Drogba e cia, o atacante brasileiro Hulk anda em alta em Londres. O jogador já estaria 90% acertado com o atual campeão da Champions League, que deve oficializar a qualquer momento o acerto com o jovem Eden Hazard.

Barcelona mira Ivanovic
O lateral-direito do City, Ivanovic entrou na mira do Barcelona. Curiosamente, os ingleses estariam de olho no lateral-direito dos grenás, o brasileiro Daniel Carvalho. Vai uma troca aí?

Novo quarteto mágico?
Esqueçam o quarteto de 2006 e não façam comparações entre os jogadores. Vou usar a expressão apenas pela forma como a Seleção vem jogando. Oscar, Hulk, Neymar e Damião, quarteto olímpico? Titular para 2014? Quem sabe o novo quarteto mágico... Mas ainda tem o Ganso que está se recuperando de uma cirurgia. Oscar ou Ganso? É a nova Seleção sendo montada.

quarta-feira, 30 de maio de 2012

Samará decisivo no maranhense sem favoritos

Sampaio: 50 pontos na classificação geral e 13 jogos invicto. Maranhão: 32 pontos na classificação geral e há um mês sem vencer. Nos últimos cinco clássicos entre Maranhão e Sampaio, quatro vitórias do Tricolor e um empate sem gols. Este é um breve resumo dos finalistas do Campeonato Maranhense.

Mas esqueçam isso. O Sampaio pode até ser considerado favorito, mas estamos em uma decisão agora. Dois jogos, 180 minutos e nervos a flor da pele. Não há como prever um resultado, as duas equipes, por mais que tenham campanhas diferentes, chegam iguais para decidir o Campeonato Maranhense de 2012.

Mesmo colocando as duas equipes em condições iguais, tenho ciência da superioridade do Sampaio demonstrada nos números. Mas agora é clássico e em final, por isso prefiro não arriscar nada antes do primeiro jogo.

Os dois times se encaram nesta quinta-feira no Nhozinho Santos, às 20h40, no primeiro jogo da final. Talvez esse já seja o jogo decisivo e a volta sirva apenas para “cumprir tabela”. Mas vamos deixar a bola rolar e ver quem é merecedor do título de campeão maranhense de 2012.

E para esta final, uma homenagem do Galvão, durante o jogo Brasil 4x1 EUA, à São Luís

Séries C e D cada vez mais indefinidas

Quer uma vaga na Série C? Basta criar um time e acionar o TJ do seu Estado que ele lhe concederá uma liminar para disputar a Série C. Se a CBF, Fifa, seja quem for, proíbe tal atitude, esqueça, nada terá a temer. Ao menos é o que vem se desenhando até agora na palhaçada por uma vaga na Série C.

Depois do Brasil-RS e Treze terem liminares para disputarem a Série C, foi a vez do Rio Branco e Araguaína ganharem liminares na justiça comum para jogar a Terceira Divisão. Resumindo: virou bagunça.

O Araguaína tinha aceitado disputar a Série D após o STJD arquivar o seu recurso para ficar com a vaga do Rio Branco, mas após o Treze, os acreanos e Brasil-RS ganharem vagas com liminares, os tocantinenses também foram atrás e conseguiram a preciosa liminar para ter a vaga na Série C.

O resumo da obra é: Araguaína, Rio Branco e Treze possuem liminares que lhe dão vaga na Série C e seguem brigando pela mesma vaga. O que menos tem razão na história é o Treze, que se o Rio Branco fosse rebaixado, como alegam os paraibanos, o Araguaína não teria caído.

A outra liminar do Brasil-RS foi para recorrer e “cassar” a perda de seis pontos, garantindo aos gaúchos a vaga na Série C e “rebaixando” o Santo André.

Se as ameaças recentes da Conmebol forem levadas à sério, não só Brasil-RS e Treze podem ser punidos, mas Araguaína e Rio Branco também entram fortes na briga por uma punição, por utilizarem um mesmo recurso das demais equipes. Até o momento a atitude mais sensata foi apenas do Santo André, que pediu ao STJD para adiar o início das Séries C e D enquanto essas brigas não forem resolvidas.

Enquanto isso, os times que nada tem a ver com essa confusão, vão vivendo de amistosos esperando, o quanto antes, o início das Séries C e D.

terça-feira, 29 de maio de 2012

E as Séries C e D?

Clima de indefinição e ninguém sabe quando começarão as últimas divisões do futebol brasileiro. Tudo isso por conta das liminares de Brasil de Pelotas e Treze, conquistadas na Justiça Comum. Enquanto os clubes não desistirem das ações, nada de futebol, ao menos é o que se diz.

Mas após o boato inicial de que a Fifa puniu as duas equipes, nesta terça-feira, enfim um posicionamento oficial. A CBF, através de nota, informou que a Conmenbol já estuda punições para as equipes, que foram até a esfera da justiça comum.

Curiosamente, nesta mesma terça-feira foi a vez de o Rio Branco ganhar uma liminar garantindo a sua vaga na Série C. Como Treze e Rio Branco apelaram nas esferas locais, a tendência é que as decisões finais fiquem por conta do STJ.

Enquanto isso, os clubes seguem sem saber quando começará as Séries C e D. Várias equipes vão realizando amistosos enquanto não há uma definição sobre as competições.

domingo, 27 de maio de 2012

Quem são os abutres?

Quando um site, dito oficial, publica uma nota intitulando os críticos de uma instituição como meia dúzia de abutres, a dúvida paira no ar: quem são essa meia dúzia? Antes de continuar, recomendo a leitura do “artigo” publicado no site da FMF, que pode ser acessado aqui.

Pois bem, a meia dúzia de abutres segundo a nota são aqueles que criticaram uma decisão da FMF em colocar os jogos das finais do Campeonato Maranhense nos dias 31 de maio e 7 de junho. A questão maior não foram as datas, mas a situação em que alguns jogadores do Maranhão, finalista da competição, ficariam já que teriam seus contratos encerrados.

Antes desta decisão final, a própria diretoria do Maranhão havia dito que não jogaria as finais em junho por causa do contrato de 10 jogadores, que já haviam sido aditivados até o dia 1º de junho. Entretanto a FMF encontrou uma solução, que não foi bem explicada ao público.

Além de dirigentes de outros times e integrantes da imprensa esportiva, até mesmo pessoas no Maranhão queriam saber como seria feita esse processo. No final das contas, os atletas atleticanos tiveram seus contratos aditivados até o dia da final do Campeonato Maranhense, mas este não é o foco.

O foco é saber que são os abutres apontados pelo site da FMF. Um portal, que dito oficial, se utiliza de indiretas para mostrar que a entidade ou seus integrantes estão acima das críticas. Só para lembrar aos atuais dirigentes do futebol maranhense, que as ditaduras não são eternas.

Além disso, os abutres podem não ser os críticos da entidade. Seria interessante que esses abutres fossem citados nominalmente. Outro ponto é que nos leva a reflexão sobre o papel da imprensa esportiva. Se todo cronista esportivo fizesse o seu papel, que é levar a notícia e fiscalizar clubes e federações, sem se curvar a dirigentes, isso nunca aconteceria.

Enfim, fica o questionamento à FMF: quem são os abutres?

sábado, 26 de maio de 2012

São José aceita emprestar Pimenta, mas Sampaio só aceita passe definitivo

Pimentinha vai ou não para o Sampaio?
Após o anúncio do meia Zé Paulo, que marcou 10 gols no Campeonato Potiguar, o Sampaio anunciou que encerrou o ciclo de contratações para a primeira fase da Série D. Com isso, o atacante Pimentinha, que havia sido anunciado pelo clube após a conquista do segundo turno do Campeonato Maranhense, não deve reforçar o Tricolor nesta primeira fase da competição, pelo menos é o que tudo indica.

Até o momento, com o anúncio de Zé Paulo são cinco reforços para o Tricolor para a primeira fase. Os zagueiros Robinho e Carlinhos Rech, o lateral-esquerdo Luis Jorge e o atacante Roni, com a indefinição do início da Série D, podem até ser regularizados já para a estreia do time na competição.

Entretanto, o atacante Pimentinha, pode chegar, mas para a fase final, dependendo de quando a competição começar. Isso porque o atacante tem contrato até o dia 18 de julho com o São José, que só aceita emprestá-lo antes do encerramento do contrato, mas o Sampaio só aceita fechar com o jogador quando tiver um contrato em definitivo, provavelmente com duração entre um e dois anos.

A moral da história é que o São José não abre mão de Pimentinha em definitivo, sabendo do potencial do jogador. Já o Sampaio, quer o atacante em definitivo e com isso terá que esperar até o dia 18 de julho, quando encerra-se o contrato de Pimenta com o São José. Falando em Pimentinha, o próprio já sinalizou que deseja reforçar o Tricolor, então pode ser um reforço apenas para a fase final, mas dependendo de quando começar a Série D.

quinta-feira, 24 de maio de 2012

FIFA pune Brasil de Pelotas e Treze, mas penas podem ser suspensas

Após o STJD determinar a suspensão do início das Séries C e D por causa das ações na Justiça Comum de Treze e Brasil de Pelotas, a FIFA decidiu pela punição dos dois clubes. Como previsto, as duas equipes estão suspensas nos próximos dois anos de competições nacionais e internacionais, por terem acionado a justiça comum para resolver questões desportivas.

O Treze pleiteava uma possível vaga na Série C no lugar do Rio Branco, que foi eliminado da competição em 2011, mas não rebaixado. O time paraibano obteve uma liminar através do Ministério Público da Paraíba concedendo o direito de disputar a Série C.

Já o Brasil de Pelotas rebaixado em 2011 por causa da perda de seis pontos, oriunda da escalação de um jogador de forma irregular, entrou com uma ação no Ministério Público do Rio Grande do Sul e ganhou uma liminar que lhe assegurava a vaga na Série C e rebaixava o Santo André. Neste caso, em primeira instância, a CBF anunciou o retorno do Brasil para a Série C e o rebaixamento do Santo André.

Entretanto, após isso o Santo André entrou com um pedido na CBF que foi determinante para a suspensão do início das Séries C e D. Com os imbróglios judiciais, o presidente do STJD, Rubens Aprobatto deu a decisão em caráter liminar determinando a suspensão do início das competições.

Apesar da punição da FIFA à Treze e Brasil-RS há possibilidades das duas equipes terem a punição suspensa. Entretanto para isso acontecer, os clubes terão de desistir das ações na justiça comum. Além disso, já se fala em possibilidades do início das Séries C e D, no mais tardar, a partir da próxima semana.

Rogério é apresentado e assina contrato de três anos com o São Caetano

Rogério assinou por três anos com o São Caetano
O principal destaque do Viana no Campeonato Maranhense, o meia Rogério enfim foi apresentado no São Caetano. Aos 22 anos, o jogador assinou contrato de três anos com o Azulão do ABC.

Além do São Caetano, Sampaio e Mogi Mirim fizeram propostas ao meia maranhense. No Campeonato Maranhense, Rogério marcou 13 gols sendo o artilheiro do Viana na competição.

Rogério deve iniciar os treinos no novo clube somente na próxima sexta-feira. O meia dependerá do desenvolvimento nos treinos para ter sua estreia definida pelo técnico Márcio Araújo.

Brigas judiciais suspendem o início das Séries C e D

O que acontece quando uma série de processos na justiça comum determina a inclusão de um ou outro clube em uma competição? A CBF adia e lembra que os clubes que entraram com ação na justiça comum podem ser punidos, com dois anos de afastamento das competições da entidade.

Pelo menos foi o que aconteceu com as Séries C e D. Com dois processos na justiça comum por duas vagas na Série C, a CBF foi obrigada à adiar o início das Séries C e D para não prejudicar as competições quando estiverem em andamento. Decisão sensata.

Mas e quem briga pelo que? Treze e Brasil de Pelotas querem uma vaga na Série C e entraram com recursos na justiça comum para conseguirem o que querem. O Treze, não se classificou para a Série D, e alega que como quinto colocado na edição de 2011, tem direito à uma suposta vaga do rebaixamento do Rio Branco.

Eis a questão, a CBF eliminou o Rio Branco, mas não rebaixou o clube acreano, tanto que o rebaixado nesta chave foi o Araguaína. E vale lembrar que o Rio Branco foi eliminado pois o Ministério Público do Acre entrou com uma ação para liberar o uso da Arena da Floresta para ser a casa do time acreano.

O certo que o Treze alega que tem direito a esta vaga na Série C, entretanto, se o Rio Branco for rebaixado, a vaga deveria ficar com o Araguaína, já que apenas um time era rebaixado por grupo. Os tocantinenses ainda entraram com um recurso no STJD, que foi arquivado pelo tribunal e se contentaram em disputar a Série D.

A outra vaga em briga é pelo Santo André e Brasil de Pelotas. O time paulista quase foi rebaixado para a Série D, mas escapou do descenso, pois os gaúchos escalaram um jogador irregular e foram punidos com a perda de seis pontos. Entretanto, o Brasil de Pelotas entrou com uma ação na justiça comum e conseguiu uma liminar garantido a sua permanência na Série C. E aí veio o pedido do Santo André para que o início das Séries C e D fossem adiados enquanto as liminares não fossem apreciadas.

O certo que agora ninguém sabe quando começará as Séries C e D, no ano em que ambas ganham o apoio da CBF e a C teria a transmissão dos jogos. Um adiamento sensato, mas que pode ser maléfico.

Sobre como acho que terminará esta novela, creio que ficará do jeito que começou. Araguaína conformado com a vaga na Série D, Brasil de Pelotas disputando a Série D, Treze de férias no segundo semestre, enquanto que Rio Branco e Santo André brigarão por uma das vagas nas quartas de final da Série C. Além disso, ainda aposta na punição de Brasil e Treze. Vamos aguardar.

quarta-feira, 23 de maio de 2012

Afinal Treze e Brasil de Pelotas vão disputar qual divisão?

Essa é a pergunta que não quer calar. Faltando menos de uma semana para o início das Série C e D ninguém tem certeza de qual divisão Treze e Brasil de Pelotas irão participar. Isso porque os dois clubes ganharam na Justiça Comum liminares concedendo a vaga na Série C para as equipes.

Com estas decisões, Santo André e Rio Branco seriam rebaixados para a Série D. Entretanto até o momento a CBF não se pronunciou sobre o assuntou em nenhum dos casos e agora, especulações não faltam, dizendo que as Séries C e D podem ser adiadas.

Sobre os casos, o Brasil de Pelotas foi rebaixado pois atuou com um jogador escalado de forma irregular e acabou perdendo seis pontos na Série C de 2011. Já o Treze foi eliminado pelo Santa Cruz nas quartas final da Série D e pleiteia uma possível vaga do Rio Branco, que foi eliminado do torneio após recorrer à Justiça Comum para poder mandar os jogos no Arena da Floresta.

Entretanto neste caso aparece um fator ainda com maior importância. O Araguaína pleiteou a vaga do Rio Branco através do STJD e teve o recurso arquivado, o que deve acontecer com a liminar do Treze. Além disso, apesar das liminares favoráveis aos paraibanos e gaúchos, como supracitado, a CBF não se pronuncia sobre o caso e já divulgou as arbitragens para os jogos das duas equipes pela Série D.

Como nada deve mudar, a tendência é que Treze fique sem calendário para o restante da temporada, já que a equipe não conseguiu a vaga na Série D. Enquanto isso, o Brasil deve seguir mesmo na Série D, até por conta da irregularidade cometida em na Série C em 2011, que foi crucial para a queda da equipe.

***Rapidinhas***
Ex-lateral do São José reforça o Mixto
Além do técnico Celso Teixeira, o Mixto contratou o lateral-direito Careca, que disputou o primeiro turno do Campeonato Maranhense pelo São José. Aos poucos o alvinegro vai tendo a sua cara definida para a Série D.

Estreia assombrosa
O palco da estreia do Sampaio será o Dutrinha, que não trás boas recordações para o time tricolor. Em 2011, o estádio foi palco da eliminação maranhense nas oitavas de final da Série D.

Finais do Maranhense
Após muito barulho, Maranhão, Sampaio e FMF chegaram à um consenso sobre as finais do Maranhense. Os dois jogos serão mesmo nos dias 31 de maio e 7 de junho.

terça-feira, 22 de maio de 2012

Sampaio campeão invicto e o bom elenco para a Série D

Depois do 4 a 1 no primeiro jogo, bastou um gol no Nhozinho Santos para garantir o título do segundo turno, de forma invicta, chegando aos 50 pontos na classificação geral, 18 a mais que o Maranhão (campeão do primeiro turno). Uma vantagem ampla do Tricolor e que não deixa dúvidas sobre sua superioridade no Estado, mas o principal objetivo agora é o acesso para a Série C e a caminha começa no dia 26 contra o Mixto.

Falando em acesso, o Sampaio já vai montando seu elenco e começou garimpando talentos maranhenses e repatriando os jogadores que estavam emprestados. O zagueiro Robinho e o atacante Roni retornaram ao time, enquanto o zagueiro Carlinhos Rech (ex-Imperatriz), o lateral-esquerdo Luis Jorge (ex-Viana) e o atacante Pimentinha (ex-São José) já acertaram com o Tricolor. Para fechar a lista de reforços mais um meia, que ainda pode ser Ulisses, será contratado.

Diferentemente de 2011, quando a maioria dos jogadores contratados não eram do Estado, desta vez, a solução está sendo buscada em casa, o que pode ser um bom indício. Fica a torcida para que o Sampaio consiga ascender à Série C e tem no banco um entendedor de acesso: Flávio Araújo. Apesar do time não estar jogando aquele futebol envolvente, tem conquistado os resultados e o que se espera é que conquiste o acesso.

Enquanto isso a FMF bate cabeça para marcar as datas das finais do Campeonato Maranhense. O Maranhão já disse que não joga no dia 7 de junho e o Sampaio diz que não aceita jogar nos dias 29 e 31 de maio. Mais uma confusão para o futebol maranhense.

***Rapidinhas***

Vergonhosa a proposta de Sarney Neto
Eis que Sarney Neto deu as caras após sumir do Moto. Propôs na cara dura uma virada de mesa, sem rebaixamento para manter o Moto na divisão principal do Campeonato Maranhense, pelo “bem do futebol local”. Ele está de sacanagem né?

Copa do Mundo no Maranhão?
Eis que uma das pérolas do início de semana é que São Luís poderia ser uma cidade-sede de emergência para a Copa do Mundo. O pessoal só errou na divulgação da “notícia” pois 1º de abril já passou.

domingo, 20 de maio de 2012

A vitória da retranca na UCL e o início do Brasileirão

Um jogo muito abaixo do esperado para uma final de Champions League. De um lado o Chelsea retrancado e do outro o Bayern de Munique, que não conseguia passar pelo muro azul. Um jogo morno durante a maior parte do tempo, mais precisamente até aos 36 minutos do segundo tempo.

Isso porque aos 37, após cruzamento de Kross, Muller abriu o placar na Alianz Arena. Com o jogo da forma como se desenhava, parecia ser o gol do título. Apenas parecia, porque, ele, sempre ele, Didier Drogba, também de cabeça e contando com uma ajuda de Neuer, empatou o jogo aos 43. Com o empate no tempo normal, o jogo foi para a prorrogação e com emoção garantida.

Logo aos dois minutos da prorrogação, Drogba foi de herói à vilão ao cometer pênalti em Ribery. Na cobrança, Robben, que vinha fazendo um bom jogo. Mas bateu mal e Cech ficou com a bola. A partir dali, o camisa 10 bávaro se perdeu em campo e a partida logo voltou ao seu ritmo morno, até as penalidades.

Nas penalidades o Chelsea começou atrás, com Mata chutando para boa defesa de Neuer, mas Cech consagrou-se ao defender as cobranças de Olic e Schweinsteiger. Para coroar o título inédito dos Blues, Drogba converteu a última penalidade inglesa, garantindo a vitória por 4 a 2. Curiosamente, Robben não foi para as cobranças, o terceiro pênalti do Bayern foi cobrado pelo camisa 1, Neuer, que colocou no canto, mas quase Cech ficou com a bola.

Venceu a retranca, mas não perdeu o futebol. Só não gosto de times defensivos, mas é uma das opções oferecidas para se jogar o futebol. Além do título inédito do Chelsea, destaque para o vice tridente do Bayern de Munique, que já era vice na Bundesliga e na Copa da Alemanha e agora na Champions League.

Além do Bayern, quem mais lamentou a derrota dos bávaros foram o Tottenham, que perde a última vaga inglesa na Champions, e o Anderletch, que fica garantido na fase de play offs, mas seria alçado direto na fase de grupos, em caso de vitória alemã.

Começou o Brasileirão
Imediatamente após a final da Champions League, começou o Brasileirão e logo dois empates nos primeiros jogos. Começando com o Palmeiras, onde Luan, aos 37 do primeiro tempo, marcou o primeiro gol do Brasileirão de 2012. Mas não adiantou isso para o Verdão vencer, porque Rodriguinho empatou para a Lusa aos 42 do segundo tempo e o Porco ainda viu Maikon Leite acertar uma bola na trave.

No outro jogo de abertura, o Sport encarou o Flamengo, que voltava de férias. O que se viu na Ilha foi o rubro-negro pernambucano valente e o carioca errando mais do que acertava. A saída de bola do Flamengo uma lástima e se não fosse Paulo Victor, uma goleada seria inevitável.

O gol do Sport, que parecia que sairia a qualquer momento, saiu com uma bela jogada de Marquinho Gabriel, que na entrada da área, acertou um belo chute no ângulo. Após o gol, no Flamengo entrou Deivid, que qualificou o time rubro-negro, viu Love perde uma grande chance para empatar o jogo e depois fazer o gol do empate. Par a o Flamengo, um empate com sabor de vitória, para o Sport, um empate nem tão bom assim, ainda mais pela forma como foi melhor durante a maior parte do tempo.

No terceiro jogo da primeira rodada, vitória do Figueirense sobre o Náutico por 2 a 1. Fernandes abriu a conta para o Figueira, Araújo empatou para o Timbu e aos 48, Caio garantiu a vitória dos catarinenses.


***Rapidinhas***

Goleadas na Série B
Começando a virada do América-RN sobre o Goiás. O Mecão perdia por 1 a 0, logo aos quatro minutos, mas foi para o intervalo vencendo por 4 a 1. No segundo tempo, um gol para cada lado e vitória potiguar por 5 a 2. Em outros dois jogos, Atlético-PR e Criciúma venceram, respectivamente, Joinvile e Guaratinguetá por 4 a 1.

Artilheiros decidem para Vitória e ASA
Ainda na primeira rodada, Neto Baiano chegou ao 32º gol na temporada, garantindo a vitória pelo placar mínimo para o Vitória diante do Barueri. Contra o São Caetano, Lúcio Maranhão também marcou o único gol do jogo, assegurando a vitória do ASA e o seu 33º gol na temporada. O maranhense do Fantasma das Alagoas é o terceiro principal artilheiro do Brasil.

sábado, 19 de maio de 2012

Vai começar o Brasileirão com muita coisa em disputa


Para alguns clubes a principal competição do ano, para outros, relegada a segundo plano, dependendo do que acontecer na Copa do Brasil e na Libertadores, mas para o torcedor certeza de bons jogos e aí voltamos a lembrar: estadual não é parâmetro. Apesar do calendário esdrúxulo do futebol brasileiro, que coloca o nacional começando no meio da Libertadores, a competição promete grandes emoções.

Mas, quem são os favoritos pelo título, pelas vagas na Libertadores e Sul Americana? Além disso, quem tem que ter cuidado para não voltar à Série B? Aqui registro os palpites para o Brasileirão de 2012.

Vamos começar pela parte de baixo da tabela. Na briga contra o rebaixamento é bom o Cruzeiro ter cuidado para não sofrer seu primeiro descenso na história. Com a campanha ruim de 2011 e o péssimo início de 2012, a Raposa vem abatida. Se juntam aos mineiros nesta ingrata briga Náutico, o Figueirense, que sofre uma mudança abrupta de treinador após a perda do catarinense, além da Portuguesa, que teve um início de temporada desastroso e o Atlético-GO.

Ponte Preta e Sport devem figurar na parte intermediária da tabela. Pelo elenco que possuem, o rubro-negro pernambucano, talvez ainda brigue contra o rebaixamento, também em virtude da troca de técnicos na véspera do Brasileirão.

Na briga pela Sul Americana Atlético-MG e Flamengo devem ter esta competição como seus objetivos no início da competição. O Bahia, hoje sob a batuta de Falcão também deve figurar neste bola, mas poderá surpreender na briga pela Libertadores. Botafogo, Grêmio, Palmeiras e Coritiba também não devem ter dificuldades para garantir vaga na competição internacional mais desvalorizada pelos clubes.

Na briga por Libertadores, e consequentemente pelo título, seis equipes. O indiscutível Santos de Neymar, o duvidoso Vasco, o desfalcado Fluminense, o Corinthians de Tite, o sempre reforçado e favorito São Paulo e o Internacional do goleador Leandro Damião. Pela forma como iniciou a temporada e levando em consideração que Vasco, Flu, Santos e Corinthians ainda estão com a cabeça na Libertadores, São Paulo e Internacional terão uma boa chance para começar largando na frente no Brasileirão. Meu palpite inicial: de um desses seis sairá o campeão e dentre estes, estarão os quatro classificados para a Liberadores de 2013.

sexta-feira, 18 de maio de 2012

Sampaio finalista e a arquitetada virada de mesa para o Moto

Goleada do Sampaio diante do Cordino, sem chances para o time de Barra do Corda respirar. Vitória por 4 a 1 e vaga na final do Maranhense assegurada. Nada fora do normal e um Samará garantido para a decisão do Campeonato Maranhense.

Nada surpreendente, com exceção da forma com que o Cordino passou pelo São José e rebaixou o Moto. Falando em Moto, que tal colocar em pauta a virada de mesa que estão tentando armar para livrar o Moto do rebaixamento?

Pois é, agora com apoio até de parte da imprensa que prega o tradicionalismo. Mas hoje, futebol não é mais tradição, tem que ser jogado em campo, não adianta tradição sem futebol. Volto a dizer, Moto foi rebaixado por causa das más administrações e de uma diretoria que não aparece e quer continuar no comando do clube.

O que estão propondo? Já falaram até em reunião secreta para que o Campeonato Maranhense não tenha rebaixados. “É uma medida plausível” dizem alguns que defendem a virada de mesa e a desmoralização do futebol maranhense.

Pelo menos, o presidente da FMF, Antônio Américo, tem se mostrado contrário a possível virada de mesa. Mas é bom ficarmos atentos. Qualquer tentativa de não rebaixar o Moto é no mínimo irresponsável, assim como a diretoria do clube rubro-negro.

Mas voltando ao futebol dentro de campo o Sampaio vai empolgado para a estreia na Série D com a conquista do segundo turno, ainda tenta reforçar o elenco, mas poderá não ter alguns jogadores cobiçados.

O lateral-esquerdo Luis Jorge e o atacante Pimentinha estão na mira do Tricolor, tudo indica que devem acertar. Mas o artilheiro Ulisses, já não deve ser tão fácil assim. Autor de 16 gols no Campeonato Maranhense, Ulisses já avisou que quer ir para São Paulo e ao que tudo indica este deve ser seu futuro.

quarta-feira, 16 de maio de 2012

A confusão no Pará pela vaga na Série D

De um lado o tradicional Remo, mas que desde 2011 não disputa nenhuma divisão do Campeonato Brasileiro, do outro o caçula Cametá, que com a bola rolando foi campeão paraense de 2012 e conquistou a vaga paraense na Série D de 2012. Entretanto, um “acordo de cavalheiros”, tirou a vaga na última divisão nacional do Mapará.

Segundo consta, um acordo foi feito para a renda do jogo final, no Mangueirão ser dividido entre as duas equipes, em “troca” o Cametá desistiria da vaga na Série D, que até então não tinha apoio financeiro da CBF. Mas após a entidade máxima do futebol nacional anunciar que iria bancar as despesas para os visitantes na Série D, a diretoria do Cametá passou a desconsiderar a desistência e se garantisse o título, iria disputar a Série D.

Mas, o que ninguém espera é que o presidente do Mapará, Orlando Peixoto, fizesse uma reunião para saber se o time iria mesmo disputar a Série D e já encaminhasse o documento da desistência do Cametá para a Federação Paraense. Com isso, o Remo automaticamente ficou com a vaga paraense no grupo A1.

Entretanto, a decisão de Orlando, ao que tudo indica, foi tomada de forma unilateral, já que outros diretores e torcedores pressionaram o cartola que renunciou ao comando do clube, mesmo com a desistência do Cametá já formalizada na Federação. Agora a nova diretoria tentará retomar a vaga, que é por direito e conquistada pelo time do interior.

Ao Remo, resta lamentar que um clube tão tradicional tenha que ter recorrido a acordos para garantir uma vaga na Série D. Pensar que um dia o Leão paraense já encarou adversários como o Santos de Pelé, o Benfica de Eusébio, o Peñarol tetracampeão uruguaio, entre outros grandes times.

***Rapidinhas***

Desistência em Pernambuco
O Ypiranga já sinalizou que não deve disputar a Série D, pois mesmo com o auxílio financeiro da CBF não terá como arcar com as demais despesas. Com isso, a vaga pernambucana em aberta ficará com o Porto.

Torneio relâmpago em Roraima
De uma forma incrível a Federação Roraimense paralisou o Estadual e fez um torneio relâmpago, com jogos no último sábado e domingo para definir o representante do Estado na Série D. O Náutico-RR foi campeão e ficou com a vaga no grupo A1, ao lado de (agora) Remo, Penarol, Vilhena e o representante acreano.

A vaga no Acre
O representante acreano sairá do trio Plácido de Castro, Atlético-AC e Independência. Quem tiver a melhor campanha após os dois jogos da semifinal fica com a vaga. No momento o Independência tem 25 pontos, o Atlético-AC soma 24, com um jogo a menos, e o Plácido de Castro contabiliza 20 pontos.

terça-feira, 15 de maio de 2012

No São Caetano, uma chance merecida para Rogério

Rogério marcou 13 gols no Campeonato Maranhense
Destaque do Viana no Campeonato Maranhense, vice-artilheiro da competição com 13 gols e uma das principais promessas do futebol maranhense. O meia Rogério não continuará no futebol maranhense e vai ter uma chance na Série B, defendendo o São Caetano.

O meia deve se apresentar ao novo clube nos próximos dias e então assinar contrato. Uma baita chance para um jogador, que mostra ter potencial e cabeça, isso tudo aos 22 anos. Na carreira apenas uma passagem pelo Moto e estava no Viana.

Um meia rápido, que sabe conduzir a bola, mas ainda precisa corrigir alguns detalhes. Uma baita e merecida chance para este maranhense, que vai defender agora o Azulão na Série B. Ao Sampaio, que se interessou pelo meia, resta buscar outras alternativas.

segunda-feira, 14 de maio de 2012

Diante do Viana, o melhor do jogo do Sampaio na era Flávio Araújo

Já são 11 jogos e por enquanto nenhuma derrota. Apesar disso, o Sampaio ainda não tinha feito um grande jogo com Flávio Araújo. Talvez as vitórias de Bacabal e Sabiá, ambas por 5 a 1, se aproximassem das melhores atuações do time, mas não foram adversários fortes.

Diante do Viana, apesar da dificuldade no primeiro tempo, na etapa final, quando o time resolveu jogar com a bola no chão, os espaços apareceram. Edgar e Ricardinho, este com um golaço de letra, marcaram para garantir a vitória Tricolor. O baixinho Roniery esteve em noite inspirada e saiu de campo como o melhor do jogo.

Mas foi o jogo, onde o Sampaio pode notar que não pode depender apenas das bolas aéreas. A tentativa de passar pelas duas torres, Igor e Grafite, do Viana, eram inúteis. Com toques, foi mais fácil, e assim o time construiu a vitória.

Logicamente, o Tricolor agora é favorito para ser campeão do segundo turno. Ainda mais porque terá pela frente o Cordino, que precisa vencer ao menos um jogo para ser finalista do Campeonato Maranhense. Ou seja, hora de se preparar para o Samará na decisão do Campeonato Maranhense. Ou ainda teremos mais surpresas?

Pela segunda vez o Moto é rebaixado no Campeonato Marannhense

O drama vivido em 2009 voltou à se repetir no Moto. Rebaixado para a Segunda Divisão Maranhense e voltando no ano seguinte, após várias polêmicas, a permanência do rubro-negro na divisão principal durou apenas duas temporadas.

14 de maio de 2012, o Moto é novamente rebaixado no Campeonato Maranhense. Desta vez não foi pelas mãos e pés do rival, mas pelo Cordino. O time de Barra do Corda, que em três anos nunca havia ganho um jogo sequer fora de casa, resolveu vencer a primeira partida fora de casa, justamente para rebaixar o rubro-negro.

Diante do São José, Marlon marcou o gol da histórica primeira vitória do Cordino fora de casa. O gol mais histórico ainda por levar o Moto de volta a Segunda Divisão e fazer com que um time praticamente rebaixado, neste caso o Cordino, chegasse à final do segundo turno com possibilidades de chegar à final do Campeonato Maranhense.

Mas, o Cordino nada tem a ver com o rebaixamento do Moto. Méritos para o time de Barra do Corda, que em campo conseguiu a permanência e a vaga na final. E desde já deixo os protestos para qualquer incitação a uma virada de mesa.

O rebaixamento do Moto começou no início da temporada, onde uma diretoria iludiu torcedores e jogadores, sem condições de bancar o time. Além disso, seis pontos perdidos pela escalação de um time quase todo irregular, foi a gota d’água para o novo descenso.

O que será do Moto? Só o tempo dirá. Talvez não jogue a Copa União e caso isso ocorra será um ano sem o rubro-negro em campo, já que a Segunda Divisão Maranhense de 2013 deve ser realizada somente no segundo semestre.

domingo, 13 de maio de 2012

Os maranhenses campeões pelo Brasil


Por todo o Brasil, os estaduais chegaram à sua reta final e muita gente está comemorando seus títulos. No meio de tanta festa, alguns maranhenses também marcaram presença e foram fundamentais ou coadjuvantes para seus times nas campanhas dos títulos.

Guilherme (Atlético-MG)
Após uma péssima temporada em 2011, o atacante voltou a viver bons momentos e justificou a contratação pelo Galo Mineiro. Autor de quatro gols no Mineiro, o atacante bacabalense não balançou as redes nos dois jogos finais.

Diones (Bahia)
Se destacou no Bahia de Feira e já teve uma rápida passagem pelo Sampaio em 2010. Agora em 2012, marcou o gol do título do Bahia e se sagrou bicampeão baiano, já que foi campeão em 2011 com o Bahia de Feira.

Maranhão (Santos)
Esteve perto de ser dispensado nesta temporada, mas após as lesões de Fucile, Crystian e o volante Henrique, que era improvisado no setor, teve uma nova chance no time. Fez grande jogo contra o Mogi Mirim, foi inscrito para a fase final da Libertadores e, apesar de não ter atuado na final do Paulista, garante mais um título para o currículo.

Misael (Ceará)
Um dos destaques do Ceará em 2010, o atacante anda em baixa no Vozão e pouco atuou na campanha do bicampeonato cearense. Em baixa desde que foi emprestado ao Vasco e passou pelo Sport, agora bicampeão cearense, o atacante terá que correr muito para conquistar um espaço no time de PC Gusmão.

Aelson (Avaí)
Maranhense de Imperatriz ganhou chances entre os titulares do Avaí após a chegada do técnico Hemerson Maria, mas ficou fora da decisão, pois estava suspenso. Mesmo desfalcando a equipe, ajudou o time na campanha campeã de 2012.

Jefferson Maranhão (Santa Cruz)
Após uma temporada no Paraná, Jefferson desembarcou no Santa Cruz para ajudar o clube  a conquistar o acesso na Série C e neste ano a conquistar o bicampeonato pernambucano. Para quem não lembra, Jefferson é um dos bons jogadores revelados pelo Iape.

Participação dos clubes na Copa União não pode ser obrigatória

A Copa União, que deverá ser disputada no segundo semestre, talvez não conte com a presença do Moto. Entretanto, a FMF quer obrigar os 10 clubes da primeira divisão maranhense, à disputarem a competição, o que não é correto.

A Copa União, diferentemente do Maranhense, é um torneio apenas seletivo para a Copa do Brasil, sem efeitos de rebaixamento. No Estadual, os 10 clubes de fato são obrigados a participar, uma vez que ficarem de fora é caracterizada a desistência ou abandono da competição e o time pode ser afastado por até dois anos.

Entretanto, é bom lembrar que desistência ou abandono é diferente de não querer participar. Para configurar a desistência, podemos recordar do caso do Iape, em 2011, que desistiu do Campeonato Maranhense, já com a competição em andamento. Além do rebaixamento, terá de ficar dois anos longe do futebol profissional.

No caso da Copa União, a participação é legalmente facultativa. Caso um, ou outro time, não queira participar, este não poderá ser penalizado com afastamento, suspensão ou rebaixamento.

A obrigatoriedade da participação na competição é mais uma medida sem pé e cabeça da FMF. Só para ilustrar como em todo o Brasil, a participação em copas estaduais é facultativa, cito o caso da Copa Piauí, que sequer foi realizada em 2011, a Copa Fares Lopes, disputada no Ceará e que geralmente não conta com a participação do Vozão, e a Copa FGF, realizada no Rio Grande do Sul, onde Grêmio e Inter participam esporadicamente e muita das vezes com times sub-23.

sexta-feira, 11 de maio de 2012

O que será de Edgar agora?

E agora Edgar?
No início do ano Edgar soltou uma bomba, acusando a diretoria do Maranhão de ter falsificado a sua assinatura no contrato com o time. Com a acusação, Edgar ganhou o direito (baseado em uma liminar) de assinar com qualquer clube a acertou com o Sampaio até 2016.

Entretanto, o laudo do ICRIM agora confirmou que a assinatura de Edgar é original e com isso a sentença, que sairá nos próximos dias deverá determinar o retorno do atacante ao MAC. Agora, caberá ao clube decidir o futuro do atacante, e segundo a diretoria, o jogador será negociado.

Apesar de tudo, o Sampaio terá prioridade nas negociações, fechadas em R$ 300mil. Entretanto, se aparecer alguém com outra proposta, tudo será estudado. Quanto à situação de Edgar, a diretoria atleticana deverá manter a intenção de processar o atacante, pela falsa acusação.

quinta-feira, 10 de maio de 2012

Sampaio e São José mantêm vantagens e a “inteligência” da FMF

As semifinais do segundo turno começaram e Sampaio e São José mantiveram suas vantagens em relação aos seus adversários. O Tricolor segue sem vencer o Viana e empatou sem gol no Djalma Campos, agora joga por um novo empate em São Luís para ser finalista.

Em Barra do Corda, o jogo mais emocionante das semifinais. São José saiu na frente com Serginho, mas Ulisses e Roberto Santos viraram para a Onça. Daniel ainda empatou para o Peixe, Marlon recolocou a vitória para o time de Barra do Corda, mas aos 40 do segundo tempo, Wescley decretou o empate.

Com a igualdade, São José mantém a vantagem e o sonho do Moto permanecer na divisão principal do Campeonato Maranhense. Ao Cordino resta a tentativa de vencer o jogo de volta, avançar às finais e rebaixar o Moto, missão complicada, no Nhozinho Santos.

Mas fora das semifinais, a medida que merece destaque nesta quinta-feira é a portaria nº 044/2012 expedida pela FMF. A entidade contesta a antecipação da estreia do Sampaio na Série D, do dia 27 de maio para o dia 26, contra o Mixto no Dutrinha.

A antecipação ocorreu, pois no dia 27, o Cuiabá fará sua estreia na Série C. Curiosamente a casa do Dourado, também é o Dutrinha e dificilmente (não recordo disso acontecer) a CBF realiza rodadas duplas. Então a FMF já sabe qual vai ser a resposta para sua “contestação” da antecipação da estreia do Sampaio na Série D.

Antes de continuar a falar do assunto, a FMF contesta que a antecipação da estreia do Sampaio infringe o intervalo de descanso para os times segundo as Normas Orgânicas do Futebol Brasileiro. De fato o argumento procede, mas qualquer competição nacional tem prioridade sobre competições estaduais, isso é lógico.

Quem não lembra da situação da Copa do Brasil, que a estreia do Sampaio foi no dia 7 de abril, mas antes da divulgação da tabela o Tricolor ainda teria uma partida no dia 8 de abril. No final das contas o jogo do Estadual é que foi adiado.

Além disso, o Sampaio ainda não sabe se vai jogar a final do Maranhense no dia 24. O Tricolor está nas semifinais do returno e tem iguais condições de ser campeão do returno, assim como São José, Viana e Cordino. Ou seja, mais um prova de que é uma medida sem pé e cabeça.

Enfim, atitudes das cabeças pensantes da FMF. E depois nós que falamos demais.

quarta-feira, 9 de maio de 2012

Série D com 34 times confirmados e desistentes voltando

No dia 27 de maio o Brasileirão vai estar completo com o início da Série D, desta vez com o apoio financeiro da CBF. Até aqui 34 clubes estão confirmados, alguns desistentes mudaram de idéia e cinco vagas ainda estão em aberto.

Vamos começar pelos desistentes que retornaram à competição. Em Goiás, um dia antes do anúncio do apoio financeiro, Crac e Itumbiara haviam desistido da vaga, mas após as novidades anunciadas, os clubes mudaram de idéia e vão para a competição. As duas equipes estão no grupo A5.

No Rio Grande do Sul, após a série de desistências, foi confirmada a terceira vaga com o Cerâmica, no grupo A7. As outras duas vagas do Estado ficaram com Juventude e Brasil-RS, que ainda tenta um recurso para retornar à Série C.

Sobre a situação do Xavante, o clube conseguiu na justiça comum o “direito” de disputar a Série C. Entretanto a decisão de nada vale, já que a CBF pondera somente as decisões da justiça desportiva.

O Brasil-RS foi rebaixado pois perdeu seis pontos pela escalação irregular do lateral Claudio, que tinha cumprir um jogo de suspensão após ser contratado no Itumbiara. Entretanto, o jogador não cumpriu nenhuma suspensão e atuou contra o Santo André. O clube Xavante alega que o atleta não foi notificado que teria de cumprir a suspensão.

Voltando ao assunto de desistências, o Baraúnas que foi confirmado pela CBF no grupo A3, junto com Campinense, Petrolina, Ypiranga e Horizonte, ainda não sabe se vai participar da competição por causa das dificuldades financeiras, mesmo com o auxílio da CBF. Caso o Baraúnas desista, a vaga fica para o Santa Cruz-RN.

Entre as vagas em aberto estão as do Distrito Federal, Sergipe, Acre, Pará e Roraima. O grupo A2 é o que mais está indefinido já que aguarda os times acreano, paraense e roraimense.

Saiba com estão as brigas por essas últimas cinco vagas

Acre
A vaga será dada ao clube com melhor índice técnico após as semifinais, já que a decisão do Estadual acontece apenas no dia 30 de maio e as Federações tem até o dia 20 para registrar seus representantes. Com mais duas rodadas pendentes, Independência (22 pts), Plácido de Castro (20 pts) e Juventus (20 pts), além do Rio Branco, que disputa a Série C, estão indo para as semifinais.

Pará
A decisão do Estadual também é a decisão pela vaga na Série D. O segundo jogo da final será no dia 13 e o Cametá venceu o jogo de ida por 2 a 1. Agora joga por um empate contra o Remo para ser campeão estadual e ficar com a vaga do Estado na última divisão nacional.

Roraima
Ainda está tudo indefinido. Houve ameaça do Estado não ter representante, mas segundo o presidente da Federação, Zeca Xaud, será feito um torneio seletivo, que deve interromper o Estadual, com Atlético-RR, Náutico-RR, São Raimundo-RR, Real-RR, Rio Negro-RR e GAS para definir o representante do Estado na competição. Vale lembrar que nas últimas três edições da competição, Roraima indicou representante apenas para a primeira edição em 2009.

Distrito Federal
No Distrito Federal a vaga será disputada entre Luziânia e Ceilândia. A decisão do Candango começa no dia 13 e o jogo de volta será no dia 20, quando será conhecido o último time do grupo A5, que conta com Gurupi, CRAC, Itumbiara e CENE.

Sergipe
O Itabaiana, campeão do primeiro turno do Sergipano, aguarda o campeão do returno, que está sendo decidido por São Domingos e Confiança. No primeiro jogo empate sem gols entre as duas equipes e caso um novo empate ocorra, decisão nos pênaltis. O representante sergipano está no grupo A4 com CSA, Feirense, Vitória da Conquista e Sousa.

terça-feira, 8 de maio de 2012

Moto protagoniza vergonha para o futebol maranhense

O clássico entre Moto e Sampaio se encaminhava como um belo jogo dentro das quatro linhas com o Tricolor vencendo de virada. Mas, após três expulsões, os jogadores do Moto protagonizaram um cai cai, que forçou o término da partida, com a vitória do rival.

Mas o mais vergonhoso foi a batalha campal protagonizada pelos jogadores e comissão técnica do rubro-negro. Além disso, a torcida, logicamente incitada pelo clima dentro de campo, também passou a arremessar objetos dentro de campo e buscando briga com os tricolores.

O confronto entre torcedores não ocorreu dentro do estádio, mas fora dele. Três tiros teriam sido disparados e um tumulto generalizado tomou conta dos arredores do estádio.

Sobre o jogo, a partida terminou aos 30 do segundo tempo. Mais uma vez um jogo apitado por Juscelino Sousa Santos com polêmica. Juscelino foi o árbitro do último jogo da história do Iape, que terminou com a polêmica vitória do Sampaio e também protagonizou a partida entre Sampaio e Imperatriz, que ficou paralisada por 10 minutos e esqueceu de dar os acréscimos do jogo.

Neste cenário todo, caminha a revolução do futebol maranhense.

***Rapidinhas***

Moto é São José
No início da temporada quase todo o time do Moto foi para o São José. Agora, o time ribamarense de fato será a esperança do rubro-negro para evitar o rebaixamento, já que será o adversário do Cordino na semifinal do returno

Cordino precisa de uma vitória
Para escapar da degola, o Cordino precisa apenas de uma vitória. Missão ingrata para o time de Barra do Corda, mas não impossível. Com dois empates, por causa dos critérios de desempate, o time empata na pontuação com o Moto, mas fica atrás e termina rebaixado.

Tabu para o Sampaio
O Viana é o adversário do Sampaio na semifinal e o único time que não perdeu para o Tricolor no Maranhense. Foram quatro jogos, duas vitórias e dois empates. A vantagem é do Sampaio, mas jogo no Djalma Campos é sempre perigoso.

segunda-feira, 7 de maio de 2012

Flávio Araújo na mira do Paysandu

O técnico Flávio Araújo está na mira do Paysandu para comandar o time na Série C. O técnico do Sampaio seria o favorito para assumir o clube paraense, mas o treinador nega qualquer acerto com o clube.

Antes de chegar ao Sampaio, Flávio já teria recusado uma oferta do Paysandu, ao tentar manter os ganhos que tinha no América-RN. No time maranhense o treinador teria aceito uma redução salarial e mantém o discurso que segue na equipe para a Série D.

Com Flávio Araújo já são oito jogos, cinco vitórias e três empates, mas o time ainda não tem empolgado o torcedor. O certo é que os resultados estão saindo e o técnico cearense parece que encaixou o futebol de resultado no time maranhense.

Ainda sobre a proposta do Paysandu, o próprio treinador já negou que tenha algo, segundo Flávio “apenas boato”. Para reforçar o “apenas boato” do treinador Tricolor é que a pedida inicial, como já colocado, foi considerada muito alta pela cúpula bicolor. Mas o nome segue na pauta.

domingo, 6 de maio de 2012

Apesar dos erros da FMF, última rodada é recheada de emoções

Como esperado a briga pela classificação para as semifinais do returno e contra o rebaixamento colocaram um tempero a mais na última rodada do Campeonato Maranhense. Apesar do erro extremo da FMF, que colocou jogos em horários e dias diferentes, a rodada não perdeu a emoção, mas os times sabem o que fazer para conquistarem seus objetivos.

No primeiro jogo de domingo, o Santa Quitéria goleou o Bacabal por 4 a 0 e ia encaminhando a classificação para as semifinais. Em Barra do Corda, Cordino e Imperatriz empataram sem gols e o time de Barra do Corda segue com chances de escapar do rebaixamento além de avançar para as semifinais do Estadual.

O Santa Quitéria ia se classificando com a goleada, e o Sabiá foi rebaixado após perder por 2 a 1 para o São José, também classificado para as semifinais. Entretanto, o que a Raposa da Baixada não esperava era que o Viana também goleasse o Maranhão por 4 a 0 em pleno Nhozinho Santos e garantisse, pelo menos até o Superclássico a vaga nas semifinais.

Agora o Viana torce para o Moto não vencer o Sampaio. Mas vale lembrar que os rubro-negros entram em campo, além de brigar pela vaga nas semis, mas principalmente contra o segundo rebaixamento do time no Maranhense.

***Rapidinhas***

Os quatro últimos na classificação geral
O Sabiá, já rebaixado, terminou o Maranhense em 10º lugar com 14 pontos, enquanto o Cordino, ainda com chances de escapar (por causa dos dois jogos da semifinal) soma 14 pontos na nona posição. O Moto, que ainda encara o Sampaio, tem 16 pontos e o Imperatriz com o empate na última rodada chegou aos 18 pontos, na sétima posição.

As semifinais
As semifinais estão quase definidas, com Sampaio e São José tendo a vantagem de jogar por dois empates. No momento, o Cordino encara o Peixe Pedra e o Viana terá pela frente o Tricolor. Mas se o Moto vencer o Superclássico, o rubro-negro encara o time ribamarense e o Cordino passará a ser adversário do atual bicampeão maranhense.

Quem ainda pode cair
Cordino, Moto e Imperatriz seguem na briga contra o rebaixamento. O Cordino só escapa se o Moto perder para o Sampaio e o time de Barra do Corda vencer um dos jogos nas semifinais. Para o rubro-negro se salvar terá que vencer o Sampaio e aí coloca o Imperatriz na corda bamba. Mas para o Cavalo de Aço ser rebaixado, somente se o Cordino conseguir a vaga na final do segundo turno.

Que fique a lição para a FMF
Uma rodada decisiva com jogos em horários e dias diferentes, só mesmo no Maranhão para isso acontecer. Mas que fique a lição para os cartolas da FMF e nas próximas competições não cometam o mesmo erro.

Hat tricks de Rogério e Toninho
Em Santa Quitéria, Toninho marcou três vezes e comandou a goleada de 4 a 0 do Santa Quitéria diante do Bacabal. Pelo mesmo placar o Viana venceu o Maranhão, sendo comandado por Rogério, que chegou aos 13 gols no Campeonato Maranhense.

sábado, 5 de maio de 2012

O que esperar da última rodada do Maranhense?

Enfim chegou o final do Campeonato Maranhense e no domingo e na segunda-feira será realizada a última rodada (sim, teremos uma rodada decisiva desmembrada, com jogos em dias e horários diferentes). Deixando de lado a capacidade de aprovarem tabelas bizarras dos nossos dirigentes, vamos pensar no que pode acontecer dentro de campo.

A briga pela classificação e contra o rebaixamento dão uma pitada a mais para a rodada final. Cordino e Imperatriz em confronto direto contra o rebaixamento, além da Onça ter a possibilidade de garantir vaga nas semifinais, e o Sabiá, contra o São José, precisando vencer para conseguir o milagre de escapar do rebaixamento e também a classificação para as semifinais.

Nos outros dois jogos de domingo, Maranhão e Viana fazem o jogo de onde sairá um dos semifinalistas, ou mais dois eliminados. Quem vencer avança, empate a vaga é do MAC com combinação de resultados. Mas vale lembrar que os dois times entrarão em campo sabendo o que precisam fazer, pois Santa Quitéria e Bacabal jogam às 15h45, além das partidas de Sabiá e Cordino, que serão realizadas às 16h.

Mas em Santa Quitéria, a Raposa recebe o Bacabal, precisará vencer e secar Moto, Viana, São José e Sabiá. Muito difícil para o time de Meinha avançar no Campeonato Maranhense, o jeito é bola para frente e começar a pensar no segundo semestre.

No último jogo da rodada, o Moto encara o Sampaio, mas somente na segunda-feira. Para o Tricolor só vale alguma coisa porque é clássico e com possibilidade de rebaixar o rival. Mas o Moto entra em campo, praticamente com a obrigação de vencer para escapar do rebaixamento e como bônus levar uma vaga nas semis do returno.

Apesar de tudo, emoção garantida no domingo e na segunda.

***Rapidinhas***

Palpites para o Campeonato Maranhense
Já que estamos na última rodada, vamos aos palpites para os semifinalistas. Sampaio já está garantido, e terá a companhia de Cordino, São José e Maranhão. Samará em uma das semifinais e na outra Cordino e São José.

Sampaio passou a ter só uma jogada?
Simplesmente incrível como o time de toques rápidos e envolventes passou a se resumir nas jogadas de bola parada. O pior de tudo é que agora é somente uma jogada. Falta fora da área é Arlindo Maracanã na bola e Mimica se posicionando para mandar ela dentro do gol. Mas vem funcionando, com Flávio Araújo no comando são cinco vitórias, três empates e a invencibilidade até aqui no returno do Maranhense.

Marín acerta nos primeiros meses na CBF
Temos de fazer justiça e reconhecer que o auxílio financeiro para as Séries C e D, o que permitirá aos times investirem nos seus elencos. Para lembrar, nos jogos fora de casa, as equipes terão todas as despesas, para delegação de até 25 integrantes, arcadas pela entidade máxima do futebol.

sexta-feira, 4 de maio de 2012

Série D terá apoio financeiro, mas clubes protagonizam êxodo em massa

A polêmica Série D não será extinta conforme alguns presidentes de Federações, liderados por Francisco Novelleto (Federação Gaúcha de Futebol), queriam. A CBF deverá anunciar uma ajuda de custos para os clubes nas partidas fora de casa, nos moldes da ajuda para a Série C.

Os clubes terão todas as despesas, para delegação de 25 integrantes, arcadas pela CBF, quando jogarem fora de casa. Para os jogos com deslocamento inferior a 700 km, as viagens serão em ônibus especiais.

Entretanto nem anúncio do auxílio financeiro tem segurado alguns clubes na última divisao nacional. Mineiros, goianos e gaúchos já alteraram, pelo menos, um de seus representantes na competição.

Em Minas Gerais, o Guarani de Divinópolis anunciou que não teria condições e apoio financeiro para participar do torneio e com isso a segunda vaga do Estado ficou com a Caldense, a outra já era do Nacional-MG. No Rio Grande do Sul e Goiás desistências em massa, com nove clubes anunciando que não vão participar.

No Rio Grande do Sul, Veranópolis, Novo Hamburgo, São José, Pelotas e Lajeadense desistiram e com isso o Cerâmica será o segundo representante gaúcho na competição. Já no Goiás as equipes do Itumbiara, CRAC, Rio Verde e Aparecidense desistiram e as vagas ficaram com Goianésia e Morrinhos.

Apesar das desistências, a competição em 2012 contará com representantes das 27 filiadas da CBF, o que não aconteceu nos últimos anos, quando Goiás e Roraima foram dois dos Estados que não enviaram representantes. Com o auxílio financeiro a entidade força os clubes à montarem bons elencos, uma vez que o dinheiro que seria gasto com viagens passa a ser economizado.

Outra decisão acertada foi pela manutenção da Série D, ao invés de mesclá-la com a C. Caso isso fosse feito, clubes que não tem competência para conquistar um acesso seriam premiados, participando de uma competição mais forte, talvez desvalorizado-a.

Enfim, agora é esperar a bola rolar a partir do dia 27 de maio e torcer por uma grande competição. Além disso, fica a expectativa para saber quais serão os quatro que irão ascender à Série C.