quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Sampaio e Maranhão iniciam a decisão do returno

Na noite desta quinta-feira (1), Maranhão e Sampaio iniciam a decisão do returno da Copa União, às 20h15 no Nhozinho Santos, onde o MAC tentará se aproximar da vaga na Copa do Brasil e o Tricolor ficar próximo do título por “arrastão” da competição. O Tubarão, por ter melhor campanha, joga por dois empates ou uma derrota e uma vitória pelo mesmo saldo de gols.

Apesar da decisão em campo envolver apenas MAC e Sampaio, nas arquibancadas o Santa Quitéria estará de olho para assegurar a vaga na Copa do Brasil de 2012. Isso porque se o Tricolor conquistar o título do returno, a segunda vaga do Estado ficará com a Raposa da Baixada, que já garantiu o vice-campeonato geral, por somar 28 pontos.

Para este jogo o Sampaio não contará com o zagueiro Robinho, lesionado, com isso Germano será o titular. Em contrapartida, o meia Eloir, poupado no último jogo, e zagueiro Mimica, que cumpriu suspensão, voltam ao time para este primeiro jogo da decisão.

Pelo Maranhão, o técnico Arlindo Azevedo não contará com o volante Wellington e o atacante Robson Belfort, ambos lesionados, além do goleiro Milton, que está suspenso. Com isso Raimundão retorna ao gol atleticano e no meio campo, Deco reaparece após cumprir suspensão.

Ficha técnica

Maranhão: Raimundão; Dailson, Paulo Ricardo, Lucas e Denilson; Deco, Francisco Júnior, Curuca e Kleber Bambam; Gilson e Alberto
Técnico: Arlindo Azevedo

Sampaio: Rodrigo Ramos; Arlindo Maracanã, Mimica, Germano e Deca; Robson Simplício, Eloir, Kléo e Cleiton; Edgar e Júnior Chicão
Técnico: Josué Teixeira

Local: Nhozinho Santos, em São Luis
Horário: 20h15
Arbitragem: Mayron Frederico dos Reis Novaes
Auxiliares: Sandro do Nascimento Medeiros e Roberto da Costa

Campeonato Maranhense poderá ter até 12 clubes e Série C

O presidente da FMF, Antônio Américo, e o diretor de futebol, Evandro Marques, estão estudando a possibilidade da criação de mais uma divisão no futebol maranhense, além de acrescer o número de participantes na divisão principal para 2013. Uma das novidades poderá ser o acesso de quatro equipes da Segundinha.

Segundo Antônio Américo, com a FMF sob nova gestão, várias equipes demonstraram interesse em disputar o Campeonato Maranhense. Com isso, a Série B não teria capacidade para atender à demanda inesperada e já é estudada a possibilidade da criação de uma Série C Estadual.

Além da criação de mais uma divisão, o mandatário do futebol maranhense trabalha com a possibilidade de quatro equipes conquistarem o acesso para a divisão principal em 2013. Entretanto, na divisão principal seria mantido a queda de dois times, o que acarretaria em 12 equipes presentes no Campeonato Maranhense de 2013.

As intenções de Antônio Américo são até boas, mas um Estadual com 12 equipes é praticamente impensável, até pelo tempo maior que seria exigido. Ao meu ver, o melhor seria enxugar e deixar a divisão principal com apenas oito equipes, como foi na Copa União. Outro problema é quais seriam os critérios para separem as equipes em Série B e C.

Vale destacar que nesta temporada apenas Timon, Sabiá e Viana disputaram a Segundinha, dentre as quais o Timon não conseguiu o acesso. No Estadual, Iape foi rebaixado por desistir da competição, mas ao mesmo tempo encerrou as atividades no futebol, o Nacional foi rebaixado pelas dívidas na FMF, mas até o momento não há noticias de que o clube pretende retornar em 2012.

Copa do Brasil de 2012 poderá contar com times da Libertadores

Segundo o Blog do PVC, os clubes classificados para a Libertadores deverão disputar a Copa do Brasil em 2012. A mudança ainda não é oficial, mas desde antes do anúncio do calendário de 2012, a possibilidade já era estudada, principalmente em virtude da eliminação do Corinthians ainda na pré-Libertadores nesta temporada.

Caso ocorra a mudança, como PVC expõe, os clubes que estiverem disputando a Libertadores deverão estar assegurados em fases mais avançadas da Copa do Brasil, enquanto os menores se enfrentarão nas fases anteriores. A Copa do Brasil de 2012 está prevista para ter início no dia 7 de março.

Vale lembrar que nas duas primeiras fases da Copa do Brasil, se o clube visitante vencer por dois ou mais gols, elimina a necessidade do jogo de volta. Por enquanto, o Sampaio é o único maranhense assegurado na competição, por ter sido campeão estadual. Maranhão e Santa Quitéria brigam pela segunda vaga do Estado na competição.

Mimica e Eloir voltam ao time, mas Robinho é dúvida

Mimica volta ao tima após cumprir suspensão
O time do Sampaio estará reforçado para o primeiro jogo da final do returno da Copa União contra o Maranhão. Para a primeira decisão, o Tricolor contará com o retorno do zagueiro Mimica e do volante Eloir, mas a presença de Robinho ainda é dúvida.

Mimica volta após cumprir suspensão, enquanto que Eloir foi poupado na última partida contra o São José. Dessa forma, Kleo deverá perder a condição de titular no meio campo Tricolor.

Na zaga, Johildo poderá permanecer entre os titulares, caso Robinho não se recupere para este jogo. O zagueiro deixou o jogo contra o São José após sentir dores na coxa e será reavaliado para saber se terá condições de jogo para encarar o MAC.

Por ter a melhor campanha o Sampaio joga com a vantagem de dois empates ou uma derrota e uma vitória pelo mesmo saldo de gols para ficar com o título do returno. O primeiro jogo da decisão contra o Maranhão será na próxima quinta-feira (1), às 20h15 no Nhozinho Santos.

terça-feira, 29 de novembro de 2011

Milton desfalca o MAC, Wellington e Robson Belfort são dúvidas

Raimundão deverá se aposentar diante do Sampaio
Para o primeiro jogo da final do returno da Copa União, o técnico Arlindo Azevedo deverá contar com o retorno de alguns jogadores ao time titular. Entretanto, o treinador não poderá contar com o goleiro Milton, que cumprirá suspensão.

Milton recebeu o terceiro cartão amarelo no jogo contra o Santa Quitéria e com isso Raimundão reassumirá a camisa 1 do Quadricolor. Raimundão por sinal já havia anunciado que o jogo contra o Imperatriz seria seu jogo de despedida, mas como Milton desfalcará o time, o goleiro de 42 anos terá a chance de se despedir em uma decisão e ao lado da torcida atleticana.

Além da mudança no gol, Arlindo Azevedo deverá fazer outras mudanças no time, dependendo da recuperação dos jogadores. O volante Wellington, que desfalcou o time nas semifinais, devido à um estiramento, deverá voltar ao time caso se recupere.

Caso o volante não se recupere, Deco deverá voltar ao time titular, após cumprir suspensão. O lateral Miranda e o atacante Robson Belfort, também devem reaparecer na equipe, entretanto ainda dependem de exames médicos.

O Maranhão precisa do título do returno da Copa União para assegurar a vaga na Copa do Brasil de 2012. A decisão contra o Sampaio começará na próxima quinta-feira (1), às 20h15 no Nhozinho Santos. Vale lembrar que a vantagem é do Tricolor, que joga por dois empates ou uma vitória e uma derrota pelo mesmo saldo de gols para ser campeão.

Após quatro anos, Maranhão poderá voltar à Copa do Brasil

MAC pode voltar à disputar uma Copa do Brasil após quatro anos
Um dos mais tradicionais clubes maranhenses, o Maranhão Atlético Clube, agora vive a expectativa para retornar ao cenário nacional. Sua última aparição para o Brasil não foi das melhores, onde o clube se viu envolvido em uma polêmica e ainda na primeira fase da Copa do Brasil de 2008 foi eliminado pelo STJD.

Como já dito, a última participação do Maranhão em uma Copa do Brasil foi em 2008. O Quadricolor atleticano encarou o São Caetano na primeira fase e no jogo de ida perdeu por 2 a 1, resultado que ainda deixava o time vivo na competição e com possibilidades para reverter o quadro no jogo de volta.

Mas sequer houve o segundo jogo. Por causa da atuação de forma irregular de sete jogadores do time titular, o Maranhão acabou sendo eliminado após uma denúncia do time paulista. Para tentar apagar essa mancha em sua última aparição nacional, o MAC sonha em retornar à Copa do Brasil.

Para isso, o time do técnico Arlindo Azevedo terá que ser campeão do returno da Copa União, desbancando o rival Sampaio. Caso o Quadricolor não conquiste o título do returno, o Tricolor, que já foi campeão do primeiro turno, levará o título da competição por “arrastão” e a segunda vaga maranhense na Copa do Brasil, ficará com o Santa Quitéria. Isso porque a Raposa da Baixada tem a segunda melhor campanha na pontuação geral, o que garantiria ao time do interior, com apenas oito anos, a primeira participação em uma competição nacional.

Vale lembrar que o Sampaio já tem participação assegurada, pois foi campeão maranhense em 2011. O Tricolor por sinal será o único time maranhense a participar de duas competições nacionais, pois além da Copa do Brasil disputará a Série D.

O Maranhão iniciará a decisão do returno da Copa União e por uma vaga na Copa do Brasil na próxima quinta-feira (1). O Sampaio jogará por dois empates para ser campeão e com isso o time atleticano terá que reverter a vantagem Tricolor para ficar com o título do returno e a vaga na Copa do Brasil.

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Mais uma vez o Sampaio goleia o São José e garante vaga na final do returno

Na noite desta segunda-feira (28), o Sampaio massacrou o São José por 6 a 2 e garantiu a vaga na final do returno da Copa União, onde terá pela frente o MAC. Kléo, Junior Chicão, Jhonatan, Cleiton e com dois de Edgar, o Tricolor decretou a goleada, enquanto que Claudio André e Rafamar descontaram para o Peixe Pedra, mas Rafamar ainda perdeu um pênalti na segunda etapa. Vale lembrar que no primeiro turno, contra o mesmo São José, o Sampaio venceu o primeiro jogo por 6 a 0 e o segundo por 3 a 1.

O Tricolor não teve dificuldades e logo aos 10 minutos, Kléo abriu o placar após cobrança de falta. Aos 21, a defesa do São José parou pedindo impedimento, Junior Chicão ficou livre e ampliou o marcador. A situação era confortável para o Tubarão, quando Edgar resolveu aparecer, e logo em dose dupla. Aos 31 e aos 37, o camisa 11 decretou a goleada do Sampaio. Mas ainda na primeira etapa, Rafamar descontou para o São José aos 42.

No segundo tempo, aos 10 minutos, Marcio Oliveira foi derrubado na área e a arbitragem apontou o pênalti para o São José. Mas na cobrança, Rafamar mandou na trave. Como castigo para o Peixe Pedra, aos 14 Cleiton fez o quinto do Sampaio e no minuto seguinte, Jhonatan, que tinha acabado de entrar fez o sexto do Tricolor. O Sampaio ainda tentou ampliar, mas foi o São José que descontou com Claudio André, marcando aos 43 para fechar o marcador no Nhozinho Santos.

Com a vitória o Sampaio garantiu a vaga na final do returno da Copa União, onde poderá conquistar o título por “arrastão” da competição, pois já foi campeão do primeiro turno. Por ter melhor campanha o Tricolor jogará por dois empates, com o primeiro jogo da decisão contra o MAC na próxima quinta-feira (1).

Ficha técnica

Sampaio: Rodrigo Ramos; Arlindo Maracanã, Robinho (Johildo), Germano e Deca; Robson Simplício, Pedro Junior, Kléo e Cleiton; Edgar (Lenilson) e Junior Chicão (Jhonatan)
Técnico: Josué Teixeira

São José: Rodolfo; Gleisson, Valtinho, Marquinhos (Carlan) e Márcio Oliveira; Dudu (Jerfinho), Junior Petrolina, Arcinho e Narciso (Boy); Rafamar e Claudio André
Técnico: Raimundinho Lopes

Local: Nhozinho Santos, em São Luis
Horário: 20h15
Arbitragem: Marcelo Nunes Bispo Filho
Auxiliares: Paulo Sérgio Henrique Mendonça e Damázio Câmara Neto

MAC empata com o Santa Quitéria e garante vaga na final do returno

Na tarde desta segunda-feira (28), MAC e Santa Quitéria empataram sem gols no Rodrigão. Com o resultado, o Quadricolor assegurou a classificação para a final do returno da Copa União.

O Maranhão podia até perder por um gol de diferença, pois venceu o primeiro jogo por 2 a 0. Com o empate o Santa Quitéria se despede do returno da Copa União, mas ainda pode ficar com a segunda vaga na Copa do Brasil, se o Sampaio for o campeão do returno.

O MAC agora volta à campo somente na próxima quinta-feira (1), quando faz o primeiro jogo da final do returno. Sampaio e São José ainda jogarão a semifinal, onde o Tricolor pode perder por até um gol para ser finalista.

Choro antecipado

O Brasileirão de 2011 apresentou um novo método para evitar as teorias da conspiração por “entregadas” como foi nos anos anteriores. O antídoto para isso foi colocar todos os clássicos na última rodada, o que garantiu emoção até o último minuto neste ano.

Mas para alguns isso não foi o suficiente. Uma nota no site oficial do Bahia, parabenizando Náutico e Sport pelo acesso à Série B, e logicamente ironizando com mais um ano do rival Vitória fora da elite brasileira, está dando o que falar. Isso porque na nota, estava a “torcida” do Bahia para que o Ceará não seja rebaixado.

Pronto, foi o suficiente para começarem as teorias de que o Bahia vai entrar em campo com os reservas, entregar para o Ceará, tudo para o Cruzeiro ser rebaixado, que seria também uma vingança por 2003. Na última rodada do Brasileirão daquele ano, o Cruzeiro que já era campeão, goleou os baianos por 7 a 0 em plena Fonte Nova, selando a queda do Bahia para a Série B.

A nota do site oficial do Bahia, divulgada no site oficial do clube, já é vista como uma entregada do time, por parte da torcida cruzeirense. Mas aqui poderemos ver que não é interesse do Tricolor baiano entregar o jogo para o Vozão.

Primeiro, no sábado, quando foi divulgada a nota, o Bahia ainda corria risco de rebaixamento, e poderia chegar na última rodada precisando da vitória para fugir do rebaixamento. Por fim, após o empate contra o Santos, o presidente Marcelo Guimarães, já avisavou que os baianos iam atrás da vitória, pois há a possibilidade da equipe conquistar uma vaga na Sul Americana, que só poderá vir com um triunfo diante dos cearenses.

Para finalizar isso está muito mais para choro antecipado por parte do Cruzeiro, já que o time mineiro depende apenas de suas próprias forças, precisando vencer o Atlético-MG para se garantir na elite. Caso conquiste apenas um empate, somente se Ceará ou Atlético-PR vencerem, é que o time celeste será rebaixado.

Ex-zagueiro Daniel Menezes deverá concorrer à presidência do Moto

Daniel deverá ser candidato no Moto
O ex-zagueiro Daniel Menezes, campeão maranhense em 2009 com a camisa do JV Lideral, deverá ser um dos candidatos à presidência do Moto, nas eleições que ocorrerão em dezembro. O zagueiro já estaria atrás de empresas para patrocinar o Papão em 2012, para ajudar na montagem do elenco rubro-negro.

Daniel é filho do falecido presidente Raul Menezes, que morreu enquanto assistia ao Superclássico no dia 26 de janeiro de 2007, pela Taça Cidade de São Luis. Como jogador, o zagueiro também defendeu a camisa do rubro-negro, e agora espera vestir as camisas do time, mas nos bastidores.

Além de Daniel Menezes, outro ex-jogador que deverá concorrer às eleições é o atacante Kleber Pereira, que de fato deve ter se despedido do futebol em 2011. O edital para as eleições do rubro-negro deverá ser divulgado no dia 5 de dezembro. Vale lembrar que a estreia do Moto no Campeonato Maranhense de 2012 está marcada para o dia 22 de janeiro, contra o Bacabal.

Para confirmar a classificação, Sampaio volta a encarar o São José

Na noite desta segunda-feira (28), Sampaio volta a encarar o São José pela semifinal do returno, às 20h15 no Nhozinho Santos. No jogo de ida, o Tricolor venceu por 2 a 1 e ampliou a sua vantagem, podendo até perder para ser finalista do returno.

Para este segundo jogo o técnico Josué Teixeira não poderá contar apenas com o zagueiro Mimica, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Com isso a única alteração na equipe será a entrada de Germano no setor defensivo.

Pelo São José, o técnico Raimundinho Lopes perdeu a dupla de zagueiros, Alisson e Diego Lindemberg, expulsos no primeiro jogo. Com isso, Renato e Gleisson deverão formar o setor defensivo e o time ainda contará com o retorno do volante Junior Petrolina.

Ficha técnica

Sampaio: Rodrigo Ramos; Arlindo Maracanã, Robinho, Germano e Deca; Robson Simplício, Eloir, Kléo e Cleiton; Edgar e Junior Chicão
Técnico: Josué Teixeira

São José: Rodolfo; Fernandinho, Renato, Gleisson e Márcio Oliveira; Dudu, Junior Petrolina, Arcinho e Narciso; Rafamar e Claudio André
Técnico: Raimundinho Lopes

Local: Nhozinho Santos, em São Luis
Horário: 20h15
Arbitragem: Marcelo Nunes Bispo Filho
Auxiliares: Paulo Sérgio Henrique Mendonça e Damázio Câmara Neto

Podendo até perder para ser finalista, Maranhão faz o jogo de volta contra o Santa Quitéria

Na tarde desta segunda-feira (28), o Maranhão volta à encarar o Santa Quitéria, às 15h45 no Rodrigão. No primeiro jogo o MAC venceu por 2 a 0 e agora pode até perder por um gol de diferença para ser finalista do returno, obriganto

Para este jogo o técnico Arlindo Azevedo contará com o retorno do lateral Denílson e do zagueiro Lucas, que cumpriram suspensão no último jogo. Entretanto, o treinador ainda não poderá contar com os lesionados Wellington e Robson Belfort, além do volante Deco, suspenso. Com isso, Alberto e Gilson deverão formar o ataque Quadricolor, enquanto que no meio Hiltinho e Romário brigam pela posição no time.

Na Raposa da Baixada o técnico Meinha não sabe se poderá contar com lateral Daixa, que ficou fora do último jogo por lesão. Esta é a única dúvida do treinador, que deverá repetir o restante da equipe do primeiro jogo da semifinal.

Ficha técnica

Maranhão: Milton; Daílson, Paulo Ricardo, Lucas e Denílson; Francisco Junior, Hiltinho (Romário), Kleber Bambam e Curuca; Alberto e Gilson
Técnico: Arlindo Azevedo

Santa Quitéria: Pablo, Junior Tatu, Leandro, Ribamar e Ricardinho (Daixa); Jair, Pedro Bambu, Gualberto e Ratinho; Alex e Wanderson
Técnico: Meinha

Local: Rodrigão, em Santa Quitéria
Horário: 15h45
Arbitragem: Paulo Sérgio Santos Moreira
Auxiliares: Sérgio Henrique Campelo Gomes e Pedro Augusto Martins Neves

domingo, 27 de novembro de 2011

Ficou tudo para a última rodada

Não foi desta vez que a penúltima rodada definiu toda situação do Campeonato Brasileiro. Literalmente, aos 45 minutos do segundo tempo, um gol do Vasco deixou toda a definição do campeonato para a última rodada. Título, vaga na Libertadores e na Sul Americana, e a briga contra o rebaixamento, tudo em aberto.

Rebaixamento: três contra o descenso

Vamos começar pela luta contra o rebaixamento. Dois jogos poderiam definir os dois últimos rebaixados. O Atlético-MG goleou o Bota e se livrou do risco de rebaixamento, chegando aos 45 pontos e assegurando uma vaga na Sul Americana. Mas o Atlético-PR não conseguiu evitar a derrota diante do já rebaixado América-MG por 2 a 1 e por pouco não caiu nessa rodada, apesar de se complicar demais. O jogo que evitou o descenso dos paranaenses foi justamente o confronto dos desesperados da rodada, entre Ceará e Cruzeiro.

Neste vamos a um resumo, um pouco mais prolongado. Osvaldo colocou o Vozão na frente aos 20, mas três minutos depois Anselmo Ramon deixou tudo igual. Na etapa final, Ortigoza marcou o gol da virada mineira e ia selando a permanência do time Celeste na Série A e decretando o rebaixamento do Vozão e do Atlético-PR. Mas aos 37, o zagueiro Daniel Marques fez um golaço, para deixar a briga em aberto.

Agora para o Ceará escapar, o alvinegro precisa vencer o Bahia e torcer para que o Cruzeiro não vença o Atlético-MG. O time Celeste é o único que depende de suas próprias forças e para isso precisa vencer o clássico na última rodada. Já o Atlético-PR precisa vencer o Coritiba e torcer para que Ceará e Cruzeiro percam seus jogos.

Sul Americana: Bahia e Atlético-GO na briga pela última vaga

A Sul Americana, que não é tão valorizada pelos “grandes” ganha importância para os clubes do meio da tabela. E com os resultados da última rodada, onde o Bahia empatou com o Santos, apagando o risco do rebaixamento, e o Atlético-GO, também empatando com o Grêmio, a última vaga para a Sul Americana ficou em aberto.

Na última rodada o time de Hélio dos Anjos, com 45 pontos, que surpreendeu nessa temporada, depende de um empate contra o rebaixado América-MG para confirmar a vaga na competição. O Bahia, com 43 pontos, por sua vez precisa vencer o Ceará, que luta contra o rebaixamento, e torcer por uma derrota dos goianos.

Libertadores: duas vagas e quatro times

A Libertadores é o sonho de consumo de todos os times e duas vagas ainda estão indefinidas. Com os resultados da rodada, onde o Flamengo venceu o Inter, o Figueira quase entregou a taça para o Corinthians e o Coxa venceu o Avaí, a briga segue em aberto. São Paulo, que perdeu para o Palmeiras e o Botafogo, humilhado pelo Galo, praticamente ficaram sem chances de disputar a competição em 2012.

O Fla, com 60 pontos, depende de um ponto, que deverá ser conquistado contra o Vasco, para confirmar a vaga. O Coxa com 57 pontos, mesma pontuação de Inter e Figueirense, também pode se classificar com apenas um empate, mas terá de torcer para o Inter não golear o Grêmio por mais de quatro gols.

Para a vaga ser colorada, os comandados de Dorival Junior precisam vencer o Grêmio e torcer para que o Coxa não vença, ou o Flamengo perca para o Vasco. O Figueirense é quem está em situação mais complicada. Pode conquistar a vaga com um empate, mas precisaria que Inter e Coxa perdessem seus jogos.

Se o Figueira vencer ainda assim precisará torcer para que gaúchos e paranaenses não vençam, caso o Fla confirme a vaga. Se os cariocas tropeçarem, aí os catarinenses ficará com a vaga somente se Coxa ou Inter tropeçarem.

Na parte de baixo da briga pela Libertadores de 2012 vem São Paulo e Botafogo. O time de Leão, com 56 pontos, precisa vencer na última rodada o desinteressado Santos e torcer para que Internacional, Coritiba e Figueirense não vençam seus jogos. Essa é a única possibilidade para o Tricolor paulista não ficar pelo segundo ano consecutivo fora da Libertadores.

Por fim o Botafogo, com apenas 55 pontos. Além de ter que vencer o Fluminense na última rodada, o time da Estrela Solitária ainda precisa torcer por derrota do trio Figueirense, Internacional e Coritiba; e para que o São Paulo não vença o Santos.

O Flu apesar de já ter vaga assegurada na Libertadores, ainda precisa assegurar a vaga na fase de grupos. Com 62 pontos, se o Tricolor carioca apenas empatar com o Bota na última rodada, confirmará a vaga na fase de grupos. Se perder, Abel Braga e cia terão que torcer para que o Fla não vença o Vasco.

Corinthians ou Vasco: quem será campeão?

Por fim as expectativas se confirmaram e Vasco e Corinthians chegarão na última rodada brigando pelo título. O Timão chegou a ter a taça nas mãos por cinco minutos, após a vitória sobre o Figueirense por 1 a 0, enquanto que o Vasco empatava em 1 a 1 com o Fluminense. Mas aos 45 minutos um gol de Bernardo deixou a definição do título para a última rodada.

O Corinthians, com 70 pontos, depende de um empate contra o Palmeiras para garantir o caneco. Se perder, ficará na torcida para que o Vasco não vença o Flamengo.

O Vasco, com 68 pontos, em sua única possibilidade de título tem que vencer o Flamengo e torcer por uma derrota corintiana. Vale destacar que as duas equipes podem chegar aos 71 pontos, mas os paulistas somam 21 vitórias, contra 19 dos vascaínos. Dessa forma, o time de Cristóvão Borges só pode chegar às 20 vitórias, o que em caso de empate na pontuação, deixaria os cariocas com o vice.

sábado, 26 de novembro de 2011

Viana vence o Sabiá e conquista o título da Segundinha

Na tarde deste sábado (26), o Viana venceu o Sabiá por 1 a 0 e conquistou o título da Segundinha Maranhense de 2011. Na primeira partida, o time caxiense havia vencido por 2 a 1 e podia jogar até por um empate, mas a equipe não conseguiu manter a vantagem no território adversário.

O único gol do jogo saiu aos 47 minutos do primeiro tempo, quando Keulson converteu pênalti e garantiu o título para os vianenses. Além de assegurar o título para o Leão da Baixada, Keulson chegou aos quatro gols e assegurou a artilharia da Segundinha.

Agora Viana e Sabiá iniciam a preparação para a temporada de 2012, onde disputarão a divisão principal do Campeonato Maranhense. As estreias das equipes estão marcadas para o dia 22 de janeiro, com o Viana encarando o Imperatriz e o Sabiá tendo pela frente o Maranhão.

Série B de 2011: novos recordes positivos e negativos

A Série B de 2011 entrou para história da competição por ser uma das mais disputadas da história. Até a última rodada, Sport, Vitória, Bragantino e Boa chegaram com chances de acesso e contra o descenso, Guarani, Paraná, ASA, São Caetano e Icasa lutaram pela permanência até a última rodada. Mas não somente por isso foi recorde, mas também os números das equipes rebaixadas aparecem como os piores desempenhos na Série B na era dos pontos corridos.

Vamos começar falando de acesso, comemorando com quem subiu. Para abrir, a Portuguesa ou Barcelusa. Campanha excepcional, acesso inegável e título confirmado com um empate faltando três rodadas para o fim. O time paulista, com 81 pontos, teve a segunda melhor campanha de toda a história da Série B, nos pontos corridos (sistema adotado desde 2006). Ao lado do Corinthians, detentor da melhor campanha com 85 pontos em 2008, a Lusa é o time que menos perdeu, com apenas três derrotas na competição.

Ainda sobre a Lusa, a equipe de Jorginho e cia garantiu o “título” de melhor ataque da história da Série B, com 82 gols marcados, deixando o próprio Corinthians para trás. Mas a melhor defesa da história ainda pertence á Vasco e Corinthians, que sofreram apenas 29 gols em seus 38 jogos na Série B, respectivamente, em 2008 e 2009.

Fechando os recordes do acesso, o Sport confirmou o acesso com 61 pontos e dessa forma, o Vitória, que ficou com a última vaga em 2007 com apenas 59 pontos, segue sendo a única equipe à subir com menos de 60 pontos. Agora, vamos ladeira abaixo e conferir os recordes dos rebaixados, que cravaram marcas históricas em 2011.

Vamos começar pelo destaque “positivo” entre os rebaixados. O Icasa foi rebaixado, mas entre os times que caíram até hoje teve a melhor campanha somando 47 pontos. Após isso, vamos ao Duque de Caxias, que conseguiu, de forma disparada, ter a pior campanha da Série B. Em 38 jogos foram apenas 17 pontos somados. Para ter idéia do fiasco, a pior campanha até aqui pertencia ao CRB, que foi rebaixado com 24 pontos em 2008.

Mas os cariocas não decepcionaram sozinhos; o Salgueiro, em seus 15 minutos de fama, conseguiu cravar a terceira pior campanha dos pontos corridos, terminando com 29 pontos ganhos, e os goianos do Vila Nova, com apenas 32 pontos, cravaram a quarta pior campanha. Dessa forma, dos quatro rebaixados em 2011, três conseguiram figurar entre as quatro piores campanhas da Série B na era dos pontos corridos.

Para finalizar a pior campanha do Duque de Caxias na Série B, veio acompanhada com a pior defesa (84 gols), o pior ataque (32 gols), o time que mais perdeu (25 jogos) e o time que menos venceu (2 jogos).

As 10 melhores campanhas da Série B
1º Corinthians – 2008 (1º) – 85 pts
2º Portuguesa – 2011 (1º) – 81pts
3º Vasco – 2009 (1º) – 71 pts
4º Atlético-MG – 2006 (1º) – 71 pts
5º Coritiba – 2010 (1º) – 71 pts
6º Coritiba – 2007 (1º) – 69 pts
7º Guarani – 2009 (2º) – 69pts
8º Santo André – 2008 (2º) – 68 pts
9º Ceará – 2009 (3º) – 68 pts
10º Ipatinga – 2007 (2º) – 67 pts

As 10 piores campanhas da Série B
1º Duque de Caxias – 2011 (20º) – 17pts
2º CRB – 2008 (20º) – 24pts
3º Salgueiro – 2011 (19º) – 29 pts
4º Vila Nova – 2011 (18º) – 32pts
5º Ituano – 2007 (20º) – 33 pts
6º Gama – 2009 (19º) – 35 pts
7º ABC – 2009 (20º) – 35 pts
8º Remo – 2007 (19º) – 36 pts
9º Campinense – 2009 (19º) – 37pts
10º Fortaleza – 2009 (18º) – 38 pts

Quanto vale uma vaga na Sul Americana?

Ronaldinho, Thiago Neves, Alex Silva, Júnior Cesar e Felipe foram os principais reforços do Flamengo para 2011. Some a isso a base do time que já contava com Léo Moura, Angelim e Deivid, além das promessas como Thomas, Muralha, Negueba e Diego Maurício. Após essa matemática você terá o time do Flamengo, que no papel é um dos melhores do país e com elenco para brigar pelo título e ter presença na Libertadores de 2012.

Mas, o título já ficou para trás, a vaga na Libertadores está, mais do que nunca, ameaçada. E aí vem a pergunta do título deste texto: quanto vale uma vaga na Sul Americana? Para o Fla R$ 10 milhões. Pelo menos é que blogueiro Ricardo Perrone (do UOL) trouxe como informação, após ter acesso a e-mails da diretoria rubro-negra. E o valor não é um absurdo tento em vista a qualidade, que era esperada, do elenco.

A qualidade até houve, mas esporadicamente, e na reta final, sumiu. Não só na reta final do returno, mas após os 100 dias invictos, foram 10 rodadas sem vencer, jejum aberto com a goleada de 4 a 1 sofrida diante do Atlético-GO, em pleno Engenhão. Destaque que aquele jogo poderia valer a liderança para o Flamengo, mas ao invés da liderança foi apenas o início da crise e das desconfianças sobre o rubro-negro.

O Flamengo reencontrou as vitórias, mas Ronaldinho, que antes já era contestado, voltou a ser contestado ainda mais e em meio a uma polêmica. Os salários do dentuço, pela parte da Traffic, estariam atrasados e o meia está com um prejuízo de R$ 2,25 milhões. Vale lembrar que o Fla paga apenas R$ 250mil do salário do meia a Traffic é responsável pelos R$ 750mil restantes.

Mas problemas financeiros à parte, a questão é: valeu a pena todo o investimento? Nas duas últimas rodadas o Flamengo terá pela frente o bom Internacional, que também deveria brigar pelo título, mas agora se conforma com a Libertadores, e o rival Vasco, já confirmado na Libertadores e que poderá ser campeão justamente no clássico. Além de tudo isso, ainda há o risco do Flamengo ver o Figueirense, com uma folha muito mais barata e um elenco mais reduzido, em uma Libertadores. Chances essas, que não são pequenas. E para finalizar, foram R$ 10 milhões para uma vaga na Sul Americana, onde o Fla foi humilhado pela La U nesta temporada.

Wellington segue desfalcando o MAC, mas Arlindo terá “reforços” para o jogo de volta

Wellington segue fora do MAC
Para o jogo de volta na semifinal contra o Santa Quitéria, o técnico Arlindo Azevedo não poderá contar com o volante Wellington, e também perdeu o volante Deco. Em contrapartida, o lateral Denílson e o zagueiro Lucas voltam á estar à disposição do treinador para a segunda partida decisiva.

Wellington já havia desfalcado o time no primeiro jogo, onde o MAC venceu por 2 a 0, por causa de um estiramento na coxa. O volante ainda não se recuperou da lesão e está fora do jogo de volta, assim como o volante Deco, que ficará fora por suspensão. Em contrapartida, o lateral Denílson e o zagueiro Lucas, que cumpriram suspensão, devem voltar ao time titular.

Sem Wellington ou Deco, Arlindo Azevedo deverá optar por Robson Viana ou Romário, para serem os volantes do time. Para ser finalista do returno, o MAC pode perder por até um gol de diferença na próxima segunda-feira (28), às 15h45 no jogo de volta contra o Santa Quitéria.

São José perde dupla de zaga, mas Petrolina deve voltar ao time

Raimundinho fará mudanças no São José
Após perder por 2 a 1 para o Sampaio no primeiro jogo da semifinal, o São José agora terá de vencer o jogo de volta por dois gols de diferença para chegar à final do returno. Entretanto para essa complicada missão, o técnico Raimundinho Lopes não poderá contar com a dupla de zaga titular, mas deverá ter o retorno de Junior Petrolina ao time.

A dupla de zagueiros, Diego Lindemberg e Alisson, foram expulsos no primeiro jogo e com isso terão de cumprir suspensão automática. Com isso, Renato e Gleisson deverão ser titulares no segundo jogo. No meio campo, Junior Petrolina, que cumpriu suspensão no último jogo, deverá voltar ao time na vaga de Marquinhos.

A segunda semifinal entre Sampaio e São José será realizada na próxima segunda-feira (28), às 20h15 no Nhozinho Santos. A vantagem do empate ou de uma derrota por um gol, fica com o Tricolor.

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Cordino se reapresentará somente em janeiro

Cordino voltará às atividades somente em janeiro de 2012
Após uma reunião na última quinta-feira (24) a diretoria do Cordino já começou o planejamento para a temporada de 2012. Ficou definido que o time se reapresentará apenas em janeiro e na ocasião alguns reforços já deveram ser conhecidos pela torcida.

Uma das prioridades do Cordino é a contratação de um técnico, já que na reta final da Copa União quem comandou o time foi o diretor de futebol Magno Barros. Em relação ao elenco atual, o time que disputou a Copa União deverá ser mantido, e apenas os atacantes Dandô e Gil Bala deverão ser liberados.

A Onça de Barra do Corda se reapresentará no dia 2 de janeiro e terá 20 dias para se preparar para o Campeonato Maranhense. A estreia do Cordino na competição está prevista para o dia 22, contra o São José no Leandrão.

Fernandinho confirma sondagem do CSA

Fernandinho deverá deixar o São José e ir para o CSA
O lateral Fernandinho deverá mesmo se despedir do São José ao término da temporada de 2011. O jogador que chegou ao time balneário no início deste ano, já e dado como um dos novos reforços do CSA para 2012 e confirmou que manteve contato com a equipe alagoano e o acordo está próximo.

Entretanto, para evitar polêmicas, Fernandinho disse que no momento pensa somente em terminar a temporada com o São José. A equipe disputa as semifinais da Copa União e precisa vencer o Sampaio por dois gols de diferença para avançar à final da competição e continuar sonhando com a inédita vaga na Copa do Brasil.

O lateral foi indicado ao CSA pelo técnico Celso Teixeira, que trabalhou com o jogador quando passou pelo Sampaio. Com a iminente eliminação do Peixe Pedra na Copa União, o lateral deverá se apresentar ao bicolor no início de dezembro. Vale destacar que a equipe alagoana ainda tenta a contratação do zagueiro Mimica, atualmente no Sampaio, e do volante Cristiano, que defendeu o Imperatriz.

Sorte de campeão

Corinthians: rumo ao penta
Não tem como negar, o título do Brasileirão deste ano está praticamente definido. Para quem? O Corinthians. O time do técnico Tite está simplesmente com o que podemos definir como “sorte de campeão”, pois nenhum dos rivais foi competente o suficiente, para se aproveitar dos tropeços da equipe paulista e assumir a liderança e até mesmo abrir uma boa vantagem sobre o Timão.

Basta uma analise simples sobre o desempenho do Timão no primeiro turno para observar, que a equipe se manteve na ponta, até mais pela incompetência dos rivais, do que pelo excelente sprint inicial nas 10 primeiras rodadas. Não há como negar que os 28 pontos conquistados nos 10 primeiros jogos (9 vitórias e 1 empate) foram extremamente importantes para o alvinegro. Mas após essa arrancada, o time de Tite caiu demasiadamente de produção e nos últimos nove jogos do primeiro turno, somou apenas nove pontos, onde venceu apenas dois jogos, empatou três e perdeu quatro.

A queda de desempenho por sinal deixou o Timão como um dos piores campeões de turno. Com apenas 37 pontos, o Corinthians é o quarto pior campeão de turno, superando apenas o Internacional , que foi campeão do turno em 2009 com 37 pontos, a campanha do título de 2005 do próprio alvinegro, onde somou 39 pontos, mas em 21 jogos, e o Santos de 2004, que somou 41 pontos em 23 jogos.

Mas nem assim o time de Tite perdeu o posto que ocupa desde a sétima rodada. O Corinthians foi líder por 17 rodadas consecutivas (7ª até a 23ª), até que o Vasco assumiu a ponta por quatro rodadas (24ª até a 27ª) e aí teríamos desenhado o cenário atual com os cruzmaltinos caçando os corintianos pela liderança. Os vascaínos ainda voltaram à liderança na 31ª rodada, mas foi a última vez que isso ocorreu. Desde então o Corinthians se firmou no posto, tropeçou e viu os adversários tropeçarem, o que lhe deu sobrevida rodada após rodada.

Dificilmente o título não ficará com o Corinthians, mas agora há de se ressaltar. Os alvinegros terão dois jogos difíceis pela frente e na última rodada, será o Palmeiras o adversário. Logicamente, o rival não vai facilitar em nada as coisas para o time de Tite. A sequência é semelhante à de Flu e Vasco, que se encaram nessa rodada, e na última rodada também terão clássicos, respectivamente, contra Botafogo e Flamengo. Ou seja, pedreira para todo mundo e sem esse lenga-lenga de que houve entregada como foi nos anos anteriores. No mais pode mandar o troféu para o Parque São Jorge e cravar a quinta estrela na camisa corintiana.

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

MAC vence o Santa Quitéria e reverte vantagem na semifinal

Na noite desta quinta-feira (24) o Maranhão venceu o Santa Quitéria por 2 a 0 e reverteu a vantagem na semifinal do returno. Gilson marcou os dois gols do Quadricolor, que agora pode até perder para ser finalista do returno.

No primeiro tempo a partida foi equilibrada, mas os dois times desperdiçavam boas oprtunidades. A Raposa voltou melhor, mas foi o MAC que abriu o marcador na segunda etapa.

Após confusão na área a bola sobrou para Gilson, que aos 19 da etapa final inaugurou o marcador. Quando o placar parecia definido, aos 45, Dailson cruzou para Gilson, que sem ângulo, marcou o segundo e decretou a vitória atleticana.

Com o rsultado, o Maranhão agora pode perder por até um gol de diferença e ainda assim será finalista do returno. O jogo de volta será realizado na próxima segunda-feira (28), às 15h45 no Rodrigão.

Ficha técnica

Maranhão: Milton; Dailson e Marcelo, Paulo Ricardo e Deco; Francisco Junior, Curuca e Kleber Bambam (Romário); Alberto (Fábio), Robson Belfort (Hiltinho) e Gilson
Técnico: Arlindo Azevedo

Santa Quitéria: Pablo, Junior Tatu (Wilsinho), Leandro, Ribamar e Ricardinho (Romário); Jair, Pedro Bambu, Gualberto (Zé Maria) e Ratinho; Alex e Wanderson
Técnico: Meinha

Local: Nhozinho Santos, em São Luis
Horário: 20h15
Arbitragem: Robson Martins Ferreira
Auxiliares: Aelson Mariano Campelo Gomes e Joséo Amaral Rodrigues

Sampaio vence o São José e amplia vantagem na semifinal

Na noite desta quinta-feira (24) o Sampaio venceu o São José por 2 a 1 e ampliou a vantagem na semifinal. Cleiton e Mimica marcaram para o Tricolor, enquanto que Rafamar descontou para o Peixe Pedra.

O São José começou o jogo pressionando, mas logo o Sampaio assumiu o comando do jogo e perdeu pelo menos três gols xom Edgar e Junior Chicão. Até que aos 27, após a expulsão de Alisson, Cleiton recebeu na pequena área e tocou no canto direito de Rodolfo para abrir o placar no Nhozinho Santos.

Na etapa final, o Sampaio era melhor e seguia desperdiçando chances de gol, enquanto que o São Josá apostava nos contra ataques. Mas aos 39, após confusão na área Mimica marcou o segundo do Tricolor e aos 44, Rafamar ainda teve tempo para descontar para o Peixe Pedra.

Com resultado o Sampaio pode até perder por um gol de diferença, que ainda assim será finalista do returno. As duas equipes fazem o jogo de volta na próxima segunda-feira (28), às 20h15 no Nhozinho Santos.

Ficha técnica

São José: Rodolfo; Fernandinho, Diego Lindemberg, Alisson e Márcio Oliveira; Dudu, Marquinhos (Renato), Arcinho e Narciso; Rafamar
(Carlan) e Claudio André (Gleisson)
Técnico: Raimundinho Lopes

Sampaio: Rodrigo Ramos; Arlindo Maracanã, Mimica, Robinho e Deca; Robson Simplício (Luiz Maranhão), Eloir, Kleo (Lenilson) e Cleiton; Edgar (Orlando) e Junior Chicão
Técnico: Josué Teixeira

Local: Nhozinho Santos, em São Luis
Horário: 18h15
Arbitragem: Ivo Pereira da Silva
Auxiliares: Cícero Romão Batista e Carlos André Perepra Sousa

Livro do Sampaio marcará presença na Feira do Livro

Uma das poucas publicações sobre futebol maranhense, o livro “Sampaio Corrêa: uma paixão dos maranhenses” marcará exposição na Feira do Livro, que começará na próxima sexta-feira (25). O livro do autor Hugo Saraiva, boliviano convicto, estará à venda por R$ 25.

A obra faz um resumo da história do Sampaio até o ano de 2008, contando as maiores glórias do clube, como ser semifinalista da extinta Copa Conmebol em 1998, o título da Série C em 1997 e a conquista do Brasileirinho em 1972. Além da história do Sampaio, a obra traz um breve resumo da história do futebol no Maranhão e como ele foi implantado por Nhozinho Santos.

Eternos ídolos e recordistas do clube, como Mascote, também têm vez na obra, que foi lançada em fevereiro deste ano. O torcedor boliviano e até mesmo os rivais, motenses e atleticanos, que tiverem interesse na obra, devem procurar o stand da Livraria Vozes, onde poderão adquirir o livro.

Lateral do MAC está na mira do Guarani de Juazeiro

O Guarani de Juazeiro segue sondando jogadores dos clubes maranhenses para reforçar a equipe em 2012. Após acertar com o volante Marcinho e o atacante Ricardo, ambos do Moto, o time cearense, iniciou as negociações com o lateral esquerdo Miranda, do MAC

Entretanto, para conseguir a liberação do lateral, o clube cearense terá que pagar a multa rescisória do atleta, já que Miranda possui vinculo com o MAC até o final de 2012. Caso o time cearense queira a contratação do lateral esquerdo, deverá desembolsar o valor de R$ 150 mil, referente à multa rescisória do jogador.

Atualmente, Miranda é o único lateral esquerdo do MAC, mas vem revezando a titularidade com Denílson, que por vezes é improvisado na posição. Apesar da proposta e de dirigentes do clube cearense terem o negócio como acertado, segundo Miranda ainda não há nada acertado com o clube de Juazeiro.

Greve dos policiais pode adiar rodada da Copa União

A paralisação dos policiais militares e dos bombeiros poderá adiar a primeira rodada das semifinais da Copa União, prevista para ser realizada nesta quinta-feira (24). Mais de 10mil policiais militares suspenderam as atividades em todo o Estado desde a noite da última quinta-feira (23).

Sem policiamento, não é permitida a realização de jogos oficiais e com isso os jogos desta quinta-feira deverão ser adiados. Com a greve dos policiais, já foi anunciada o deslocamento de uma tropa das forças nacionais para o Maranhão.

O presidente da FMF, Antônio Américo, ainda não se pronunciou sobre a possibilidade do adiamento dos jogos. Vale destacar que a presença de policiais nos jogos é uma exigência do Estatuto do Torcedor, que prevê a segurança aos presentes nos estádios. Uma das saídas para evitar este problema é convocar a Guarda Municipal para fazer a segurança na rodada dupla.

O dilema vascaíno: Brasileirão ou Sul Americana?

Que campanha sensacional do Vasco em 2011. Após um início de temporada drástico no Carioquinha, o time cruzmaltinho se recuperou, contando com a volta da boa fase de Diego Sousa, conquistou a Copa do Brasil, segue na briga pelo Brasileirão e chegou até as semifinais da Copa Sul Americana.

Qual será o rumo do Trem Bala da Colina?
Vale destacar aqui que muitos não acreditavam que o Vasco valorizaria o Brasileirão, por já ter sido campeão da Copa do Brasil e consequentemente, ter conquistado a vaga na Libertadores de 2012. Mas o time de Ricardo Gomes e Cristóvão Borges foi na contramão e segue mais vivo do que nunca na briga pelo título nacional. Mas agora é preciso ter foco.

Os vascaínos poderiam comemorar os títulos do Brasileirão e da Sul Americana, mas pelo andar da carruagem só resta a esperança para comemorar o título nacional. Isso porque após o empate em 1 a 1 com o bom time da Universidad do Chile, no caldeirão de São Januário, dificilmente o time cruzmaltino conseguirá conquistar a vaga no estádio Nacional.

Logicamente não seria nenhum absurdo o Vasco vencer o jogo de volta por 1 a 0, mas agora não se trata de um time como o Universitário ou o Aurora, muito abaixo do nível da La U. O bom time chileno de Jorge Sampaoli já foi campeão do Apertura 2011, com apenas duas derrotas e 10 pontos a mais que o Universidad Católica, que ficou com o vice, e no Clausura, a La U já é líder com 10 pontos a mais que o segundo colocado, o Cobreloa, com 16 jogos disputados, onde ainda não sofreu nenhum derrota.

Ou seja, é um adversário de alto nível. Com os reservas, o Vasco não passa pelos chilenos, com os titulares, tem boas chances de conquistar a vaga na final. Mas aí vem a dúvida, mandar os titulares para o jogo de volta ou poupá-los para a última rodada do Brasileirão, onde poderá conquistar o título nacional diante do seu maior rival, o Flamengo?

O que deverá definir a prioridade do Vasco no restante da temporada será a partida contra o Fluminense. Se vencer, o time deverá ter o foco somente no Brasileiro, mas um empate ou uma derrota dos cruzmaltinos, o que poderá culminar com o título antecipado do Corinthians, aí a Sul Americana deverá ser a prioridade para o Trem Bala da Colina. Independente de título ou não, uma coisa é certa: o Vasco vai dar trabalho em 2012 se manter a base do atual time.

MAC tenta reverter vantagem do Santa Quitéria

Na noite desta quinta-feira (23), Maranhão e Santa Quitéria realizam o primeiro jogo entre as equipes na semifinal do returno, às 20h15 no Nhozinho Santos. O Quadricolor tentará reverter a vantagem da Raposa da Baixada, que joga por dois empates ou dois resultados invertidos para assegurar a vaga na final, já que teve melhor campanha na fase classificatória.

Pelo Maranhão, o técnico Arlindo Azevedo faz mistério quanto ao time, que poderá atuar até mesmo no 3-5-2. Dailson e Miranda podem aparecer na equipe, e com isso Deco e Tupã seriam os prováveis sacados do time. No ataque, Gilson reaparece entre os titulares e Alberto e Robson Belfort, com dores musculares, deverá ficar fora da equipe.

Pelo Santa Quitéria, o técnico Meinha não poderá mais contar com o zagueiro Willian e o meia Fábio, ambos abandonaram a equipe no início da semana. Além disso, o meia Daixa é dúvida por causa de uma lesão e caso não possa atuar, deverá ser substituído por Ricardinho. Em contrapartida, o zagueiro Leandro, o meia Pedro Bambu e o atacante Daniel voltam ao time após cumprirem suspensão.

Ficha técnica

Maranhão: Milton; Marcelo, Paulo Ricardo e Deco; Francisco Junior, Curuca, Tupã, Hiltinho e Kleber Bambam; Alberto e Gilson
Técnico: Arlindo Azevedo

Santa Quitéria: Pablo, Júnior Tatu, Leandro, Ribamar e Ricardinho (Daixa); Jair, Pedro Bambu, Gualberto e Ratinho; Alex Anderson
Técnico: Meinha

Local: Nhozinho Santos, em São Luis
Horário: 20h15
Arbitragem: Robson Martins Ferreira
Auxiliares: Aelson Mariano Campelo Gomes e José Célio Amaral Rodrigues

Sampaio e São José voltam a se encarar nas semifinais da Copa União

Na noite desta quinta-feira (23), São José e Sampaio se encontram pela terceira vez na semifinal da Copa União, às 18h15 no Nhozinho Santos. No primeiro turno o Tricolor eliminou o Peixe Pedra , com direito a uma goleada histórica por 6 a 0, mas agora o time balneário tentará evitar um novo vexame e reverter a vantagem que pertence ao Tubarão.

Para este jogo, o time do Sampaio irá completo. O técnico Josué Teixeira poderá contar com o volante Eloir, que era dúvida, por causa de dores musculares, e Robson Simplício, que estava suspenso na última rodada. Além disso, o volante Luiz Maranhão, recuperado de lesão ficará à disposição no banco de reservas.

Pelo São José o técnico Raimundinho Lopes conta com o retorno dos laterais Marcio Oliveira e Fernandinho, que estavam suspensos, e o atacante Claudio André, liberado pelo DM, volta ao time titular. Entretanto, o treinador não poderá contar com Valtinho e Junior Petrolina, ambos suspensos, e com isso Marquinhos terá uma chance na equipe. Fechando os desfalques, Carlinhos Silva, que sofreu um corte profundo na testa, está vetado para este primeiro jogo.

Ficha técnica

São José: Rodolfo; Fernandinho, Diego Lindemberg, Alisson e Márcio Oliveira; Dudu, Marquinhos, Arcinho e Narciso; Rafamar e Claudio André (Juninho)
Técnico: Raimundinho Lopes

Sampaio: Rodrigo Ramos; Arlindo Maracanã, Mimica, Robinho e Deca; Robson Simplício, Eloir, Kleo e Cleiton; Edgar e Júnior Chicão
Técnico: Josué Teixeira

Local: Nhozinho Santos, em São Luis
Horário: 18h15
Arbitragem: Ivo Pereira da Silva
Auxiliares: Cícero Romão Batista e Carlos André Pereira Sousa