quarta-feira, 31 de março de 2010

Sampaio encara o Atlético-PR pela Copa do Brasil

Sampaio e Atlético-PR jogam nesta quinta-feira às 21h na Arena da Baixada. O tricolor ainda sonha com a classificação para a próxima fase e para isso precisa de uma vitória ou de um empate a partir de dois gols, já que o primeiro jogo terminou em 1 a 1. Já o Furacão se classifica com um 0 a 0 ou qualquer vitória.

A missão do Sampaio não será das mais fáceis e o time precisará de uma atenção especial. O ataque do Furacão marcou 13 gols nos últimos três jogos e o argentino Javier Toledo começou a balançar as redes no último domingo. Além disso o time mudou a forma de jogar e está mais ofensivo, com Paulo Baier jogando mais centralizado.

Como vem sendo desde o início da era Valter Ferreira, o Sampaio irá a campo no 3-5-2, que tem dado mais consistência ao time. Além de ter mudado o esquema tático, o treinador vem dando chances a outros atletas do elenco. Célio Codó ganhou a condição de titular no último domingo e mandou Selmir pro banco. Jadão, que também era reserva, virou titular e já está confirmado para o jogo desta quinta-feira.

Sem poder contar com o atacante Gabriel, que se recupera de lesão, Valter Ferreira, relacionou o jovem Bruninho, de apenas 17 anos. Castor e Fernandinho devem voltar à equipe, já como titulares.

Devido aos resultados da última rodada e como o time não tem problemas com lesões e suspensões nesta Copa do Brasil, a tendência é que o técnico Leandro Niehues mantenha a equipe que goleou o Cascavel, no último domingo. Presença confirmada da dupla dinâmica Javier Toledo e Bruno Mineiro, além do maestro Paulo Baier.

Apenas uma mudança pode surgir no time do Furacão, em relação ao primeiro jogo contra o Sampaio. Trata-se do meia Alan Bahia, que já está em condições de jogo e deve ficar no banco, como opção para o treinador rubro negro.

Ficha técnica

Local: Arena da Baixada
Horário: 21h
Arbitragem: Leonardo Gaciba da Silva (RS)
Auxiliares: Júlio César Rodrigues (RS) e Carlos Henrique Selbach (RS)
Atlético-PR: Neto; Manoel, Rhodolfo, Chico e Raul; Valencia, Netinho, Paulo Baier e Márcio Azevedo; Bruno Mineiro e Pepe Toledo. Técnico: Leandro Niehues
Sampaio: Rodrigo Ramos; Mimica, Mauro e Johíldo; Fernandinho, Jadão, André Ramos, Castor e Samuel; Célio Codó e Djair. Técnico: Valter Ferreira

Bacabal e JV Lideral abrem as semifinais

Para iniciar as semifinais da Copa União, o Bacabal recebe o JV Lideral no Correão, nesta quinta-feira. As duas equipes se enfrentam as 20h30 e a vantagem é do Trator do Camaçari, que precisa de apenas dois empates para garantir a classificação.

Sabendo que da difícil missão que será passar pelo JV Lideral, o técnico Djalma Campos reforçou a preparação do Leão do Mearim, para aumentar a resistência de seus atletas. O time precisa da vitória nesta primeira partida para reverter a vantagem, que é do JV Lideral.

Na equipe do Tratorzão, o técnico Sandow Fecques deve ter no mínimo um desfalque. Trata-se do meia Mazinho, que voltou a sentir dores e está praticamente vetado do jogo de hoje. Outra dúvida é o atacante Valdanes, que estava com uma virose, mas os médicos praticamente liberaram o atleta.

Sampaio treinará na Arena Capanema

O Sampaio chegou a Curitiba, onde enfrentará o Atlético-PR pela Copa do Brasil, por volta das 22h, da última terça-feira, 30. O tricolor maranhense realizará um único coletivo, na tarde desta quarta-feira, na Arena Capanema.

O técnico, Valter Ferreira, contará com a volta do lateral Fernandinho, que estava no departamento médico, e do meia Castor, poupado na última rodada da Copa União. a tendência é que ambos voltem ao time titular do Tubarão. Sampaio e Atlético-PR se enfrentam nesta quinta-feira às 21h.

Arlindo Azevedo pede reforços

Depois da dispensa de quatro atletas, Adriano, Joubinho, Glauber e Lúcio, e do acerto da diretoria com o meia Richardson e o atacante Ricardo, Arlindo Azevedo já pediu mais reforços para o time do Parque Valério Monteiro.

A princípio o treinador gostaria que um zagueiro fosse contratado, já que a defesa atleticana foi a terceira mais vazada do primeiro turno. Para fechar a lista de reforços o clube estaria atrás de mais um goleiro.

JV Lideral pode ter desfalques para a semifinal

O JV Lideral enfrentará o Bacabal na próxima quinta-feira, em partida de ida pelas semifinais do primeiro turno da Copa União. O time tem a vantagem de jogar por dois empates para garantir uma vaga na final.

Para a primeira partida o técnico Sandow Fecques não sabe se poderá contar com dois jogadores. O primeiro é o meia Mazinho, que esteve no departamento médico, foi liberado, mas voltou a sentir dores no treino realizado na última terça-feira. O segundo é o atacante Valdanes, que estava com uma virose e não treinou com o grupo na última terça-feira, mas de acordo com os médicos o atacante estará em condições para o jogo da semifinal.

terça-feira, 30 de março de 2010

Sampaio aposta em jogadores caseiros

O ataque tricolor para a partida da próxima quinta-feira, contra o Atlético-PR, coloca suas fichas em dois atletas da casa. São eles Célio Codó e o jovem Bruninho.

Célio Codó ganhou a vaga de titular da equipe e a camisa 9, desbancando o “badalado” Selmir. O atacante ainda mostrou na partida contra o Iape, o motivo que levou o técnico Valter Ferreira a realizar tal alteração, ao marcar um belo gol de falta, que garantiu a vitória ao tricolor.

Já o garoto Bruninho, está relacionado para o jogo, pois o atacante Gabriel ainda está em fase de recuperação e não viajou com o elenco para Curitiba. Bruninho começará p jogo no banco, mas será uma das opções para o ataque tricolor, que ainda conta com Selmir.

Vá entender o Mac

Há cerca de mais ou menos um mês, a diretoria do Mac anunciou os zagueiros Glauber e Baiano, como reforços para a reta final da disputa do primeiro e para o segundo turno da Copa União. Mas assim como a contratação veio do “nada”, da mesma forma eles voltaram para casa.

Baiano nem jogou com a camisa maqueana e foi dispensado, pois não passou nos testes físicos. Já Glauber participou da partida contra o Imperatriz, e pelo visto não agradou aos dirigentes da equipe, pois já foi dispensado nesta terça-feira, junto com outros atletas.

O goleiro Adriano, contratado no início da temporada, para ser terceiro goleiro da equipe, também foi dispensado. Completando a lista de desempregados no Parque Valério Monteiro, estão o atacante Lúcio, ex-São José, e o lateral Joubinho.

Semifinais começam nesta quinta-feira

As semifinais, da Copa União, começarão na próxima quinta-feira. No primeiro jogo, desta fase decisiva, o JV Lideral viaja para enfrentar o Bacabal. O Trator do Camaçari conta com a vantagem de jogar por dois empates para se classificar, já que tem a melhor campanha da competição.

No domingo é a vez de Sampaio e Iape entrarem em campo. O Iape tem a vantagem e se classifica com dois empates. O Canário da Ilha espera que o desgaste físico, em virtude da Copa do Brasil, atrapalhe o Sampaio.

Sampaio viaja nesta terça

O Sampaio viaja na tarde desta terça-feira, as 13h, para a cidade de Curitiba, onde enfrenta o Atlético-PR, na próxima quinta-feira, em partida válida pela Copa do Brasil.

O tricolor contará com o retorno de alguns titulares para esta partida. Fernandinho e Gabriel, que estavam no departamento médico, ficarão a disposição de Valter Ferreira. O meia Castor, que foi poupado no último fim de semana, também volta a equipe, e Célio Codó permanece como titular no ataque e Selmir segue no banco.

Mac começa a se preparar para o segundo turno

Sem a classificação para as semifinais do primeiro turno da Copa União, o Mac dará início nesta semana a preparação do time para o segundo turno da competição. Como os resultados e o modo de jogar, de alguns jogadores, não agradaram a diretoria maqueana, uma lista de dispensa deve ser anunciada nos próximos dias. Em contrapartida, os dirigentes estão procurando reforços para o time.

Como o Mac só volta a jogar no próximo dia 15 de abril, o treinador Arlindo Azevedo já propôs a diretoria a realização de dois amistosos. As datas disponíveis para os jogos seriam os dias 7 e 10 de abril, faltando apenas a definição dos adversários.

Atlético-PR, promessa de trabalho para o Sampaio

O Sampaio terá muito trabalho para conseguir uma vaga na próxima fase da Copa do Brasil. Isso porque além da tradição do Atlético-PR no cenário nacional, a equipe mudou seu jeito de jogar e melhorou significamente, desde o encontro com os tricolores, no dia 17 de março.

Na ocasião, antes de enfrentar o Sampaio, Antonio Lopes havia sido demitido do comando do rubro negro e os atleticanos tinham sofrido uma derrota de 1 a 0 para o Iraty, pelo campeonato paranaense.

Mas o quadro agora é bem diferente. A equipe venceu seus últimos três jogos no estadual e todos por goleada. A última goleada foi no sábado passado, 27, quando os rubro negros venceram o Cascavel por 5 a 0.

Os cinco gols do último jogo foram marcados pelos dois atacantes da equipe, Javier Toledo, 3, e Bruno Mineiro, 2. E o motivo para tantos gols está no novo modo de jogar da equipe. O técnico Leandro Niehues vem escalando o experiente Paulo Baier pelo meio, o que tem dado mais qualidade toque de bola da equipe.

Outra mudança está nas alas. O time rubro negro está jogando com seis laterais, ou seja três em cada lado. Não que a equipe esteja jogando em um esquema com seis defensores, mas ocorre um revezamento nesta posição. A ala direita fica sob a responsabilidade de Raul, Paulo Baier e Manoel, enquanto cabe a Chico, Márcio Azevedo e Netinho trabalharem pela esquerda.

Este revezamento com certeza confunde a marcação dos adversários, além de evitar um desgaste exagerado aos jogadores. E os números confirmam a boa fase da equipe. O Atlético-PR tem o melhor ataque do estadual, com 37 gols, a melhor defesa, com apenas 9 gols sofridos e o artilheiro da competição, Bruno Mineiro, com 11 gols.

Experiência no apito

O jogo entre Atlético-PR e Sampaio, válido pela Copa do Brasil, contará com a arbitragem do experiente Leonardo Gaciba. Júlio César Rodrigues e Carlos Henrique Selbach serão os auxiliares da partida.

Na primeira partida, em São Luis, o jogo terminou empatado em 1 a1. Com isso o Sampaio precisa vencer ou empatar, por dois gols ou mais, para conseguir a classificação. No caso de empate em 0 a 0, ou vitória do rubro negro, a vaga ficará com os atleticanos. Se o placar do primeiro jogo se repetir, a decisão da vaga vai para os pênaltis.

segunda-feira, 29 de março de 2010

Paraenses fazem a festa no Maranhão


No último fim de semana foi realizado o V Campeonato Maranhense de Futebol Digital. A competição garantia ao participante campeão, maranhense ou residente no estado, uma vaga no campeonato brasileiro da categoria, com todas as despesas pagas.

O torneio foi um exemplo de organização e contou com a presença de vários atletas de todo o norte-nordeste. Toda a badalação da competição era devido a presença do atual campeão mundial da categoria, Marquinho Vidal, o Cruel. Como ele mesmo já havia declarado a competição era bastante equilibrada e não seria surpresa se ele não conseguisse conquistar o bicampeonato estadual.

Parecia que Vidal previu o futuro, pois ele acabo sendo eliminado na primeira fase do mata-mata. O carrasco do maranhense foi o paraense Bruno Menor, que acabou sendo eliminado por Jorge Lima, que viria a conquistar o título da competição.

Após a eliminação de Cruel, toda a torcida maranhense foi para o promissor Alain Laurent, o Henry. E agora foi a vez de Jorge Lima aparecer no caminho do Maranhão. O paraense, que já havia eliminado Vidal, acabou por eliminar Henry. Com isso, Laurent foi para a decisão do terceiro lugar, onde fez bonito e garantiu o pódio.

Na final em solo maranhense estavam dois paraenses. O primeiro, carrasco de Marquinhos Cruel e Alain Laurent, Jorge Lima, e o segundo, o maior goleador da competição, com mais de 80 gols, Humberto Trator. E o Trator passou por cima de menor, sem nenhuma piedade, garantindo o título da competição.

Como Henry, foi o melhor maranhense na competição, o atleta garantiu sua vaga para o campeonato brasileiro, na delegação maranhense, onde se juntará a Marquinhos Cruel. A próxima competição da categoria deve ser realizada em junho, de acordo com os dirigentes da FMFD (Federação Maranhense de Futebol Digital).

Balanço do primeiro turno da Copa União

A fase classificatória da Copa União chega ao fim nesta segunda-feira, quando o Santa Quitéria recebe o Nacional para a realização da despedida das duas equipes desta primeira fase. No domingo JV Lideral, Iape, Bacabal e Sampaio já realizaram suas despedidas do primeiro turno, ambos com a classificação assegurada para as semifinais. Vamos agora a um balanço, time por time, deste primeiro turno da competição.

JV Lideral

Indiscutivelmente é o melhor time do Maranhão até o momento. Garantiu a clasificação com quatro rodadas antecedência, na rodada seguinte garantiu a liderança e permanece invicto.

Seus artilheiros, Toninho e Valdanes, seguem fazendo estragos nas defesas adversárias e são, respectivamente, artilheiro e vice artilheiro da competição. Na reta final deste primeiro turno o Tratorzão joga por quatro empatas para ser o campeão simbólico do turno e garantir vaga na final do certame.

Iape

Confirmou as expectativas e a presença nas semifinais. Apenas duas derrotas na fase de classificação, justamente para o invicto JV Lideral e na última rodada para o Sampaio. A exemplo do Trator do Camaçari, o Iape garantiu a vaga nas semifinais com uma certa folga e mostrou bom futebol nesta fase classificatória.

Destaques? Pedro Júnior, o lateral direito da equipe comandada por Cabrera revelou-se peça fundamental do time. Sem sua presença em campo a equipe perde qualidade nos cruzamentos e a ofensividade pelas alas. Outro fator, marcou “só” dois gols olímpicos em seis jogos, que atuou.

Sampaio

O tricolor começou mal das pernas. Não apresentou um bom futebol até a chegada de Valter Ferreira, que pôs ordem na casa e deu uma nova cara ao Tubarão. A equipe garantiu a vaga para as semifinais na penúltima rodada.

Uma das mudanças na equipe foi no esquema tático, do tradicional 4-4-2, para o 3-5-2, com algumas variações. Outra mudança veio na última rodada. O atacante Célio Codó tem conquistado as graças de Valter Ferreira e mandou Selmir pro banco.

Bacabal

O Leão do Mearim chegou desacredito, mas foi crescendo jogo após jogo. Djalma Campos mostrou bastante paciência com seus comandados, o que foi crucial para a equipe bacabalense.

O modesto Bacabal tirou a vaga do Moto somente na última rodada. Agora enfrenta o imbatível JV Lideral nas semifinais. É bom o goleiro Marco Aurélio se preparar, pois Toninho e Valdanes vão com tudo pra cima nesta reta final.

Moto

O rubro negro até que tentou, mas perdeu a classificação na última rodada. A equipe começou bem na competição. Foram um empate, três vitórias e uma derrota, nos cinco primeiro jogos. Resultados que deixaram o Moto confortável no G4.

Mas vieram os desentendimentos internos, a crise financeira e aí o time se perdeu de vez. Nos últimos quatro jogos, apenas um ponto conquistado, o que acabou pesando na classificação do rubro negro. Agora a diretoria vai tentar botar ordem na casa, mas do jeito que está vai ser bastante complicado

Nacional

Mas não é que o Naça surpreendeu e deu trabalho? O Canário Azul cogitou a desistência da Copa união, montou um time as pressas e quase foi para as semifinais. Futebol é mesmo incrível.

Apesar de não ter conseguido a vaga na próxima fase, o Naça mostrou que merece ser respeitado. Venceu, de modo soberano, equipes tradicionais como Sampaio e Imperatriz. No segundo turno a equipe deve estar mais preparada e deve dar mais trabalho ainda. Olho vivo!

Mac

Aconteceu o esperado. Nada de surpreendente na campanha do time do Parque Valério Monteiro. A equipe mostrou que precisa de um jogador experiente para dar tranqüilidade aos garotos.

Por varias vezes o Mac chegou a abrir dois, e até três gols de vantagem, mas cedia o empate e até mesmo sai derrotado de campo. As vitórias que não vieram pesaram na classificação e eliminaram o Mac deste primeiro turno.

Imperatriz

Sem dúvidas, o time tradicional que mais decepcionou. Chegou a ocupar a lanterna, Vinícius Saldanha fez as malas para respirar novos ares, mas a diretoria o convenceu a ficar. O treinador pediu reforços que vieram, mas os resultados não apareciam.

A campanha do Cavalo de Aço não está nem perto do que a torcida gostaria de ver. Apenas uma vitória em nove jogos e uma das defesas mais vazadas da competição.

Santa Quitéria

O time do prefeito Manin, em momento algum incomodou os líderes. A raposa da baixada ocupou a lanterna da competição por um bom tempo, até que venceu o Viana, diga-se sua única vitória no certame, e ganhou uma posição, ficando na vice lanterna.

Viana

O time responsável pela campanha mais pífia do certame. Os vianense não chegaram a incomodar nem o sexto colocado. A equipe comandada por Braide Ribeiro não conquistou nenhuma vitória e de acordo com seu treinador vai com força máxima para o segundo turno. É esperar pra ver.

Sampaio goleia equipe francesa


O Sampaio goleou os franceses do Association Esportive et Cuturelle, da cidade de Ramire na Guiana Francesa. A partida quer era pra ser realizada na preliminar de Sampaio e Iape, pela Copa União do último domingo, teve o local e horário alterado por questões políticas.

Apesar dos franceses terem começado melhor no jogo, Sampaio saiu na frente e já metia 3 a 0 somente no primeiro tempo. E no segundo tempo os tricolores fecharam o placar, ao estilo três vira, seis acaba.

Junior, Alessandro, Bruno Ian, Eduardo, balançaram as redes uma vez, enquanto Marcos mandou duas bolas no pro fundo do gol. A equipe suub-17 do tricolor realiza outro amistoso, no próximo sábado, 3 de abril, em Cantanhede, onde enfrentam a seleção local.

domingo, 28 de março de 2010

Na prévia da semifinal, Sampaio vence o Iape


O Sampaio venceu o Iape por 1 a 0 na tarde deste domingo. O gol da vitória foi marcado pelo novo titular da camisa 9 tricolor, Célio Codó. O garoto codoense desbancou o atacante Selmir e deve seguir titular na equipe.

O Iape começou pressionando e teve as melhores oportunidades na primeira etapa. O goleiro Rodrigo Ramos foi bastante exigido e fechou o gol tricolor, mais uma vez. Apesar da pressão do Canário da Ilha, quem abriu o placar foi o Sampaio. Célio Codó cobrou falta por cima da barreira, tirando a bola do goleiro Flaubert.

Estando atrás no placar o Iape seguiu pressionando, mas não conseguia chegar ao gol, fim de primeiro tempo e o Tubarão ia vencendo. Na volta para a etapa final o técnico Valter Ferreira fez logo duas substituições no Sampaio, saíram Djair e Leo, para a entrada de Bruno Hítalo e Marcelo Sá.

Mesmo com as alterações o Sampaio continuava sendo pressionado pelo Iape, mas sempre que era necessário, Rodrigo Ramos, salvava o tricolor. Apesar disso o Tubarão ainda teve duas boas oportunidades, mas não aproveitou. Fim de jogo e vitória sampaína pra cima dos comandados de Cabrera.

As duas equipes voltam a se enfrentar no próximo domingo, já pelas semifinais da Copa União. O Iape tem a vantagem de jogar por dois empates para garantir sua vaga na final da competição.

Ficha técnica

Local: Nhozinho Santos
Horário: 21h
Arbitragem: Marcelo Filho
Auxiliares: Aelson Mariano e Roberto da Costa
Sampaio: Rodrigo Ramos; Dailson, Wallax e Johildo; Samuel, André Ramos, Mimica, Tica e Leo (Marcelo Sá); Célio Codó (Selmir) e Djair (Bruno Hítalo). Técnico: Valter Ferreira
Iape: Flaubert; Dieguinho, Carlinhos, Tim Marcos (Wancerman) e Pedro Júnior; Pires, Curuca, Paulo Roberto (Gilson) e Valbson; Jefferson e Robson. Técnico: Cabrera
Amarelos: Sampaio: Rodrigo Ramos, Tica, Célio Codó e Marcelo Sá Iape: Paulo Roberto e Jefferson
Gols: Sampaio: Célio Codó (29" 1ºT)

Bacabal empata e garante classificação

JV Lideral e Bacabal empataram em 3 a 3 neste domingo, no Panelão. Com o empate o Bec garantiu sua vaga nas semifinais e enfrentará o próprio JV Lideral, na próxima quinta-feira, às 21h.

O jogo começou quente e bastante complicado para o Bacabal. Aos 15 minutos, Leo Carvalho abriu o placar para o JV Lideral, e em seguida, aos 17 minutos, Valdanes ampliou, 2 a 0, para o Trator do Camaçari. Ainda no primeiro tempo, Wellington, diminuiu para o Bec.

Com a derrota do Leão do Mearim, a vaga nas semifinais ia ficando com o Moto. No segundo tempo o jogo reiniciou equilibrado e o Bacabal chegou ao empate com Jonathan. Mas o JV Lideral não iria facilitar para o Bec, Moisés marcou o terceiro do Trator do Camaçari, mas logo em seguida Junior Chicão deu números finais ao jogo.

Com o empate, o Bacabal tirou o Moto das semifinais e está praticamente garantido na próxima fase. O Leão do Meari só perde sua vaga se o Nacional vencer o Santa Quitéria por 10 gols de diferença.

sábado, 27 de março de 2010

Sampaio e Iape realizam prévia da semifinal

Sampaio e Iape se enfrentam neste domingo, às 17h no Nhozinho Santos. O jogo será a prévia de uma das semifinais da Copa União, já que o Iape garantiu o segundo lugar e dificilmente, Bacabal ou Nacional tiram o terceiro lugar do Sampaio.

O confronto dentro das quatro linhas marca uma rivalidade política, já que Sérgio Frota, presidente do tricolor, e Pereirinha, Presidente de honra, do Canário da Ilha, não são muito amigos. E na área política o Tubarão já perdeu um duelo para o Canário. O campo da Aerca, localizado no Turu, que era utilizado pelo Sampaio, foi repassado para o Iape dar seguimento aos seus treinamentos.

E dentro de campo a vantagem também é da equipe iapiana. Em sete confrontos, o Iape tem três vitórias contra duas do Sampaio. Os times empataram apenas duas vezes. A pequena vantagem do Canário reflete o equilíbrio deste confronto.

O técnico Cabrera não terá problemas para escalar o time do Iape e contará com o retorno de três atletas. Pires, Beto e Tim Marcos, que cumpriram suspensão na última rodada, já estão a disposição para a partida deste domingo.

No Sampaio alguns jogadores voltam a ter condições de jogo. Mimica, que estava suspenso, e Gabriel lesionado, já estão em condições de jogo. Em contra partida Jadão, expulso no jogo contra o JV Lideral, é mais uma baixa do Tubarão. Confira o resumo dos confrontos entre Sampaio e Iape:

26/02/09 – Sampaio 1 x 1 Iape
22/04/09 – Sampaio 3 x 0 Iape
05/08/09 – Sampaio 1 x 2 Iape
17/09/09 – Sampaio 1 x 0 Iape
12/10/09 – Sampaio 0 x 0 Iape
29/10/09 – Sampaio 0 x 1 Iape
08/11/09 – Sampaio 0 x 0 Iape

Sampaio
Vitórias - 2
Gols - 6
Iape
Vitórias – 3
Gols – 4

Empates - 2

Bacabal, de olho na classificação, enfrenta o JV Lideral

JV Lideral e Bacabal jogam às 17h neste domingo, no Panelão. A partida é vital para a equipe do Leão do Mearim, que precisa de um empate para se classificar. No caso de uma derrota do Bec, o Nacional entra em campo na próxima segunda-feira, com chances de classificação.

Já garantido nas semifinais e com o primeiro lugar assegura, o técnico Sandow Fecques vai poupar mais da metade dos titulares para esta partida. Peças fundamentais da equipe, como o artilheiro Toninho, devem ficar no banco.

Como o Bacabal não tem nada a ver com a história, o time deve ir pra cima do Trator e se defender de todas as formas para assegurar sua vaga nas semifinais do primeiro turno. Caso garanta a classificação o Bec enfrentará o JV Lideral na semifinal.

sexta-feira, 26 de março de 2010

Semifinais praticamente definidas

Após a rodada da última quinta-feira da Copa União, apenas uma vaga para as semifinais, do primeiro turno, permaneceu em aberto. JV Lideral e Iape, já tinham garantido sua classificação e o Sampaio, devido a combinações de resultados, acabou por se garantir nas semifinais.

Com os três primeiros definidos, já se conhece um dos duelos das semifinais, Sampaio e Iape. O JV Lideral agora vai esperar o seu adversário, já que Moto, Bacabal e Nacional seguem na briga pela última vaga nas semifinais.

A situação mais complicada é do Nacional, que precisa golear o Santa Quitéria, vencendo no mínimo por oito gols de diferença. Isso porque o Naça está com o saldo de -8 na competição.

O Moto encerrou sua participação nesta primeira etapa e agora fica na torcida para o JV Lideral vencer o Bacabal. No caso de uma vitória do Leão do Mearim, o Papão sai do G4 e dá adeus a disputa do primeiro turno da Copa União.

Neste cenário, o Bacabal é o único que depende de suas forças. Mas a tarefa de vencer o JV Lideral não será nada fácil. Vale lembrar que o Trator do Camaçari ainda não perdeu na Copa União e seu primeiro empate na competição foi na última quinta-feira contra o Sampaio.

quinta-feira, 25 de março de 2010

Iape vence e complica a vida do Moto

O Iape venceu o Moto por 3 a 1 e garantiu o segundo lugar na etapa de classificação. Com a vitória a equipe já sabe que enfrentará o Sampaio nas semifinais e o Moto vê sua vaga ameaça por Bacabal e Nacional.

O Canário da Ilha saiu na frente logo aos 10 minutos. Vanvan entrou na área, cortou o goleiro Raul e rolou para Paulo César só empurrar pro gol. O segundo gol saiu aos 26 minutos.

Pedro Júnior avançou pela lateral, mandou um passe na medida para Jefferson, que tinha acabado de entrar no lugar de Robson, e no seu primeiro toque mandou a bola pro fundo do gol, ampliando a vantagem.

Na primeira etapa o Moto estava totalmente perdido em campo, sem saber o que fazer. Na volta para a etapa final o técnico Beato Lopes resolveu colocar o meia Rogério para ajudar nas jogadas de ataque da equipe.

Na etapa final o Papão começou indo pra cima em busca do gol. Mas os atacantes encontraram pela frente o goleiro Flaubert e a trave da meta iapiana. Tupã e Rogério mandaram duas bolas na trave.

E como quem não faz leva o Iape chegou ao terceiro gol, em um contra ataque rápido. Jefferson saiu na cara do goleiro Raul e tocou por cobertura. Depois do terceiro gol o ritmo da partida diminui, mas Jhimys, de cabeça, ainda diminuiu para o Moto aos 45 minutos.

Com a derrota o técnico Beato Lopes cogitou sua saída do comando do rubro negro, caso os jogadores não mudem de postura. Esta foi a última partida do Moto na fase classificatória e agora o Papão torce para o JV Lideral vencer o Bacabal, para assim o time avançar as semifinais.

JV Lideral e Sampaio passam em branco

JV Lideral e Sampaio ficaram no 0 a 0 na noite desta quinta-feira, em Porto Franco. Com o resultado os comandados de Sandow Fecques perderam o aproveitamento de 100% e pela primeira vez não balançaram as redes na Copa União e do Sampaio.

Para o Sampaio o resultado foi perfeito. O tricolor garantiu o terceiro lugar e a já sabe que enfrentará o Iape nas semifinais da competição. E na próxima rodada os dois semifinalistas ficaram frente a frente no Nhozinho Santos.

Por sua vez o JV Lideral enfrenta o Bacabal, que ainda sonha com uma vaga nas semifinais. No caso de uma vitória do Trator do Camaçari, o Leão do Mearim se despede do primeiro turno, mas se o Bec vencer o jogo, o Moto dá adeus ao restante desta primeira fase.

Mac e Imperatriz se despedem com empate

Mac e Imperatriz ficaram no empate de 1 a 1 na noite desta quinta-feira, no estádio
Nhozinho Santos. As duas equipes realizaram sua última participação neste primeiro turno da Copa União.

O Mac saiu na frente, aos quatro minutos, com Francisco Júnior, cobrando falta. O volante bateu no canto direito do goleiro Loló e inaugurou o marcador. O Imperatriz só igualou o placar aos 29 do segundo tempo. Rubens, também de falta, contou com o desvio da barreira maqueana, que enganou o goleiro Raimundão.

Agora as duas equipes passam a preparar a os times para a disputa do segundo turno da Copa União.

Nacional empata com o Viana e se complica

O Nacional empatou em 3 a 3 com o Viana na tarde desta quinta-feira. O resultado não influenciou em nada na classificação dos vianenses, que seguem sem saber o que é vencer na temporada. Mas para o Naça o resultado não foi digno de comemoração.

Isso porque o time de Santa Inês lutava por uma vaga no G4, e com o empate, praticamente dá adeus a esta possibilidade. O próximo compromisso do Nacional será contra o Santa Quitéria, na próxima segunda-feira. O Viana encerrou sua participação no primeiro turno da competição.

Sampaio: 87 anos de histórias e conquistas

Um dos times mais tradicionais do Maranhão, completa nesta quinta-feira, 87 anos de fundação. São quase nove décadas de muitas histórias, conquistas e jogadores marcantes.

Toda esta história começou no dia 25 de março de 1923, quando um grupo de peladeiros resolveram criar a Associação Sampaio Corrêa Futebol Clube. O nome da equipe foi escolhido em homenagem ao Hhidroavião Sampaio Corrêa II, que aportou na cidade de São Luís, sob o comando do piloto brasileiro Pinto Martins e do americano Walter Hinpton. Os dois tentavam realizar a primeira ligação aérea entre as Américas, levantando vôo dos Estados Unidos para o Brasil.

Em pouco tempo o time se popularizou ao vencer os pequenos times da periferia e desafiou o Luso Brasileiro, o atual campeão maranhense. O primeiro jogo oficial entre as duas equipes foi no dia 26 de abril de 1923. O Sampaio venceu o Luso por 1 a 0, com gol de Lobo.

Seus primeiros títulos vieram somente na década de 30, quando conquistou o bicampeonato estadual (1933-34). E neste período o seu maior rival, o Moto, ia conquistando a supremacia estadual. Mesmo assim o tricolor ainda conquistou outro bicampeonato na década de 50 (1953-54).

Os títulos de maior importância para a equipe foram a Série B de 1972 e a conquista, invicta, da Série C de 1997. Além disso o tricolor é o maior campeão maranhense, tendo levantado a taça 28 vezes. Confira a lista dos títulos que o Tubarão já ganhou nestes 87 anos de história.

Nacionais
Campeonato Brasileiro Série B - 1972.
Campeonato Brasileiro Série C - 1997

Regionais
Copa Norte - 1998
Torneio Seletivo da Copa Norte - 1998
Torneio Maranhão - Pará 1973
Torneio Maranhão - Piauí 1964

Estaduais
Campeonato Maranhense: 28 vezes — 1933, 1934, 1940, 1942, 1953, 1954, 1956, 1961, 1962, 1964, 1965, 1972, 1975, 1976, 1978, 1980, 1984, 1985, 1986, 1987, 1988, 1990, 1991, 1992, 1997, 1998, 2002 e 2003.
Taça Cidade de São Luís: 7 vezes — 1939, 1950, 1973, 1976, 1983, 2007 e 2009.

Balanço geral

Jogos disputados - 3.645
Vitórias - 1.735
Derrotas - 932
Empates - 978
Gols marcados - 6.609
Gols sofridos - 4.268

Mais um desfalque no JV Lideral

Sandow Fecques já estava com problemas para escalar o JV Lideral e ganhou mais um durante o treinamento da última quarta-feira. O meia Mazinho se lesionou durante o coletivo e está fora do jogo de hoje, contra o Sampaio. Para sua vaga deve entrar o garoto Jhonatan.

Além de Mazinho, o JV Lideral não poderá contar os zagueiros Fagundes e Jackson, ambos suspensos pelo terceiro amarelo, e o meia Pelezinho, que está no departamento médico do clube.

Jogo entre JV Lideral e Sampaio é antecipado

A partida entre JV Lideral e Sampaio, que será realizada nesta quinta-feira, teve seu horário alterado. Agora o jogo, que começaria às 20h30, começará às 19h30. A antecipação da partida foi definida em comum acordo entre os dirigentes dos clubes, que tiveram o pedido aceito pela FMF.

O Sampaio precisa da vitória para garantir a classificação para as semifinais e o JV Lideral quer manter o aproveitamento de 100% na Copa União.

quarta-feira, 24 de março de 2010

Para se garantir no G4, Sampaio enfrenta o JV Lideral

Sampaio e JV Lideral se enfrentam nesta quinta-feira, às 20h30, no Panelão. A equipe tricolor precisa da vitória para garantir a classificação e o JV Lideral joga luta para manter seu aproveitamento perfeito nesta etapa da Copa União.

O JV Lideral terá a seu favor os números da atual temporada e o apoio da torcida local, mas o histórico dos jogos contra o Sampaio passa toda esta vantagem para o Tubarão. No ano de 2009 as equipes se enfrentaram oito vezes e em apenas uma ocasião o Trator do Camaçari venceu o tricolor.

Se o JV Lideral venceu apenas uma vez, o Sampaio pode ser considerado o carrasco do Trator do Camaçari. O tricolor venceu cinco partidas contra os imperatrizenses, com direito a uma goleada de 5 a 1, nas semifinais da Taça Cidade no fim do ano passado.

Para a partida desta quinta-feira,o técnico Sandow Fecques terá alguns problemas para armar o time. Fagundes e Jackson cumprem suspensão, e Pelezinho, sentindo dores, é dúvida para o jogo. Em contra partida o treinador já poderá contar com o meia Kelson, recém contratado.

O Sampaio continua sofrendo com os desfalques ocasionados por lesão e suspensões. Mimica cumpre suspensão nesta rodada, Castor deve ser poupado, Eloir, Marcelo Sá, Thiago Miracema e Gabriel, seguem no departamento médico. A boa notícia é que o lateral Samuel, contratado para o lugar de Rigo, que está em tratamento, fará a estréia no tricolor. O time só será definido minutos antes da partida, já que Valter Ferreira segue procurando a formação ideal.

Moto vai com tudo contra o Iape

Na partida principal no Nhozinho Santos, na noite desta quinta-feira, Iape e Moto entrarão em campo. O Canário da Ilha precisa da vitória para garantir o segundo lugar na fase de classificação, já o Papão precisa vencer para continuar no G4.

Cabrera, técnico do Iape, não poderá contar com Tim Marcos, Pires e Beto, ambos cumprem suspensão nesta rodada. Em contrapartida o lateral Pedro Júnior volta ao time. O jogador é peça fundamental da equipe e sua entrada melhora qualidade do time.

Precisando vencer para assegurar a vaga nas semifiais, o Moto vai a campo com três atacantes. Para o técnico Beato Lopes o time precisa arriscar tudo o que pode para avançar à próxima fase da competição.

No caso de uma derrota dos motense, os rubro negros terão de torcer para o que o Bacabal não vença o JV Lideral e que o Nacional, some no máximo três pontos, nas próximas duas rodadas.

Nacional, sonhando com o G4, encara o Viana

Nacional e Viana jogam nesta quinta-feira às 15h45, no estádio Lourão, em Vitória do Mearim. Os vianense, lanternas da competição, já não tem mais chances de classificação, mas o Naça ainda luta por uma vaga nas semifinais.

Para seguir vivo na competição a equipe precisará vencer o Viana e torcer por uma derrota do Moto contra o Iape. Mas a missão não acaba aí, como a partida contra o Santa Quitéria foi adiada para a próxima segunda-feira, no domingo a equipe vai ficar
secando o Bacabal, já que o Bec não pode vencer o JV Lideral.

Caso confirmado as duas derrotas o Nacional terá de vencer o Santa Quitéria para entrar no G4. Para uma equipe que chegou desacreditada na competição e com poucos investimentos, o Naça está muito bem na Copa União.

Mac e Imperatriz jogam pra cumprir tabela

Sem chances de classificação para os semifinais do primeiro turno, Mac e Imperatriz, se enfrentam às 18h30, nesta quinta-feira no Nhozinho Santos. O jogo marca a despedida das duas equipes do primeiro turno da Copa União.

O Mac vai para o jogo com algumas mudanças. A dupla de zaga será formada por Leandro e pelo recém contratado, Glauber. Edgar volta ao time, depois de cumprir suspensão. O técnico Arlindo Azevedo espera que a equipe faça sua despedida com uma vitória sobre o Imperatriz.

No Cavalo de Aço o único desfalque é o goleiro Fagner, suspenso por receber o terceiro amarelo. Com isso Loló vai defender a meta cavalina. A boa notícia é a volta de Neneca, que cumpriu suspensão na última rodada.

Sampaio: o carrasco do JV Lideral

Sete jogos, sete vitórias, 21 pontos, melhor ataque, aproveitamento intacto, e a ponta de cima da tabela. Esse é o JV Lideral na Copa União, tido para muitos como o time perfeito, e até o momento vem mostrando isso.

A equipe ainda não perdeu um jogo sequer e até quando parecia que ia tomar uma goleada, virou a partida e saiu vitorioso de campo. Com a boa campanha, o time garantiu a classificação, para as semifinais, com quatro rodadas de antecedência e na rodada seguinte assegurou a liderança da fase classificatória.

Todo este aproveitamento será colocado a prova nesta quinta-feira contra o Sampaio, o maior carrasco da equipe. Não que o tricolor tenha conquistado algum time em cima do Tratorzão, pelo contrário o JV Lideral foi campeão estadual justamente contra o Tubarão.

Mas os números mostram que os comandados de Sandow Fecques se perdem em campo quando vão enfrentar o Sampaio. Em oito confrontos foram cinco vitórias tricolor, dois empates e apenas uma vitória do JV Lideral. A única vitória do Trator do Camaçari foi justamente na final do estadual, quando venceram o Sampaio por 1 a 0 em São Luis e depois perderam por 2 a 1, em Imperatriz. Por causa do gol marcado fora de casa o Tratorzão levantou a taça do campeonato maranhense de 2009.

A vantagem do Sampaio não é vista apenas no número de vitórias, o número de gols também reflete isso. São 18 tentos tricolores contra 9 do JV Lideral, mas a equipe imperatrizense sempre deixou o seu gol contra o Tubarão. Enquanto que o Sampaio passou em branco, apenas em um jogo. Confira os resultados de todos jogos entre as duas equipes.

26/03/2009 - Sampaio 3x2 JV Lideral
05/04/2009 - JV Lideral 1x1 Sampaio
11/06/2009 - Sampaio 0x1 JV Lideral
14/06/2009 - JV Lideral 1x2 Sampaio
19/08/2009 - JV Lideral 1x3 Sampaio
10/09/2009 - Sampaio 3x1 JV Lideral
18/10/2009 - JV Lideral 1x1 Sampaio
01/11/2009 - Sampaio 5x1 JV Lideral

Sampaio
Vitórias - 5
Gols - 18
JV Lideral
Vitórias - 1
Gols - 9
Empates - 2

Mac se reforça para o segundo turno

Sem possibilidades de lutar por uma vaga nas semifinais do primeiro turno da Copa União, o Mac começou a se reforçar para chegar mais forte na próxima etapa da competição. O primeiro reforço à chegar foi o zagueiro Glauber, que se apresentou na última semana e já deve fazer sua estréia no jogo desta quinta-feira.

Outro atleta já está a caminho do Parque Valério Monteiro. Trata-se do atacante Richardson, que foi indicado pelo empresário César Sampaio. Além destes reforços a diretoria já anunciou que ainda deve realizar mais algumas contratações afim de armar um time forte para a disputa do restante da Copa União.

Moto vai com tudo pro ataque

Precisando da vitória para garantir sua vaga nas semifinais o Moto vai enfrentar o Iape com um dos esquemas mais ofensivos do futebol, o 4-3-3. O esquema, mundialmente conhecido pela preferência holandesa, será adaptado as condições do time rubro negro.

A tradicional linha de defesa, formada por dois zagueiros e dois laterais, será mantida, no meio, três atletas, que devem fazer a ligação da zaga com o ataque e ajudar na contenção dos adversários, mais trabalho para os meio campistas motenses. Na linha de frente, três atacantes, onde um deles, provavelmente Dilton, deverá jogar como um segundo atacante, para auxiliar o meio campo.

O esquema já foi testado na partida contra o Sampaio, quando o técnico Beato Lopes sacou o meia Rogério para a entrada de Gil Matinha. A estratégia aumentou a pressão rubro negra sobre os tricolores, mas deixou a defesa desguarnecida, que é um problema que para a equipe.

Na lógica a formação da equipe será no 4-4-2, com variações para o 4-3-3, já que Dilton jogará, também, como meia e quando necessário será atacante. Deco será o único volante de fato do Moto, o que significa que o Papão utilizará o 4-1-2-3 em algumas ocasiões.

Com o 4-3-3 o Moto espera sair com vitória nesta quinta-feira, quando enfrenta o Iape. Qualquer outro resultado deixa a classificação, do Papão, dependendo dos resultados de Bacabal e Nacional.

Desfalques complicam o Sampaio

Para a partida desta quinta-feira contra o JV Lideral, o Sampaio não poderá contar, no mínimo, com cinco atletas. O desgaste físico e as lesões são os principais motivos de tantos desfalques. Na última rodada, a equipe entrou com um time totalmente diferente, com sete baixas no elenco principal.

Para a partida contra o JV Lideral, o técnico Valter Ferreira não poderá contar com o zagueiro Mimica, que foi expulso no último jogo, os meias Eloir e Marcelo Sá, e os atacantes Thiago Miracema e Gabriel. O meia Castor ainda é dúvida, já que o atleta está tendo um grande desgaste físico nos últimos jogos.

Em contra partida André Ramos volta ao time, depois de cumprir suspensão, e o recém contratado, o lateral Samuel, deve estrear pelo time tricolor. O Sampaio enfrenta o JV Lideral nesta quinta-feira às 20h30, no estádio Panelão, em Porto Franco.

terça-feira, 23 de março de 2010

Partida entre Santa Quitéria e Nacional é adiada

A partida entre Santa Quitéria e Nacional, marcada para o próximo domingo, 28, foi adiada para a segunda-feira, 29. De acordo com a FMF, o adiamento se deu devido as festividades de comemoração do aniversario da cidade de Santa Quitéria, o que reduziria o número de policiais presentes no estádio.

O jogo pode definir um dos classificados para as semifinais da Copa União, já que o Nacional ainda tem remotas possibilidades de classificação.

Acabou o laboratório no Viana

Lanterna da Copa União, nenhuma vitória e apenas quatro pontos ganhos, este é o Esporte Clube Viana. Para mudar esta história o técnico, Braide Ribeiro, vai impor mais ritmo aos treinamentos e aguarda a chegada de novos reforços.

Isso porque o primeiro turno da competição foi utilizado apenas como laboratório para formar o time. Como esta etapa já se concluiu para o Leão da Baixada, o técnico Braide declarou que a equipe vai chegar forte no segundo turno e lutará por uma das vagas no G4.

Moto fica com vaga ameaçada no G4

Depois de passar boa parte da fase de classificação no G4, sem se preocupar com os adversários, o sinal de alerta acendeu de vez no Moto. A derrota para o Sampaio, no último domingo, foi a terceira consecutiva da equipe na fase classificatória, do primeiro turno.

A equipe rubro negra caiu para quarto lugar, está com 11 pontos, mesma pontuação do Bacabal, quinto colocado. Outra equipe que ameaça a classificação do Papão é o surpreendente Nacional, que está em quinto lugar, com sete pontos, e mais dois jogos a cumprir.

Para se classificar, o time comandado por Beato Lopes, precisa vencer seu último jogo contra o Iape. No caso de apenas empatar com o Canário da Ilha, a equipe precisará torcer para que o Bacabal, empate ou perca para o JV Lideral, e que o Nacional some, no máximo, quatro pontos, nos próximos dois jogos.

segunda-feira, 22 de março de 2010

Problemas no Iape

Com a classificação garantida para as semifinais da Copa União, o Iape agora terá de se firmar como o vice líder nesta fase classificatória, para ter a vantagem do empate nas semifinais. Mas a tarefa será um pouco difícil, já que Moto, Sampaio e Bacabal, cresceram nas últimas rodadas.

O próximo confronto do Canário da Ilha é justamente contra os motenses. Para a partida o técnico Cabrera terá três desfalques, todos por suspensão. Pires, Beto e Tim Marcos, são as baixas no Iape.

Em contra partida a equipe contará com o retorno do lateral Pedro Júnior, que cumpriu suspensão na última rodada. O jogador é peça fundamental da equipe e sua presença em campo melhora a qualidade do time.

Duas vagas em aberto no G4

Apenas duas vagas ainda estão sem dono no G4 da Copa União. O JV Lideral já garantiu o primeiro lugar e vai para as semifinais com a vantagem de jogar por empates para se classificar e ser campeão. O Iape ainda não garantiu o segundo lugar, mas já está garantido nas semifinais da competição.

Quatro equipes disputam duas vagas restantes para as semifinais. O Sampaio voltou ao G4, depois de vencer o Moto por 3 a 0. Com a derrota os rubro negros, caíram para a quarta colocação, e depois de ficarem com folga no G4, estão com a vaga ameaçada. Já o Bacabal empatou com o Viana e saiu do G4, mas tem a mesma pontuação do Moto.

Para o Sampaio basta somar mais três pontos e a equipe garante a vaga nas semifinais. O Moto depende somente de seus resultados para permanecer no G4. Por sua vez, o Bacabal precisa vencer e torcer por algum tropeço dos motenses.

O Nacional é a quarta equipe que briga por uma vaga no G4. O time de Santa Inês, que não jogou no último domingo, tem um caminho mais difícil para conseguir a classificação. O azulão terá de vencer os dois próximos jogos, contra o lanterna Viana, e o vice lanterna Santa Quitéria. Além disso terá de torcer para que Moto e Bacabal percam os seus jogos.

As demais equipes, Imperatriz, Mac, Viana e Santa Quitéria, estão sem chances de classificação. O planejamento dos times já está voltado para o segundo turno, onde pretendem realizar uma campanha melhor.

domingo, 21 de março de 2010

Rodrigo Ramos, o paredão tricolor

Não é de hoje que Rodrigo Ramos é considerado o melhor goleiro do futebol maranhense. E no clássico deste domingo, entre Sampaio e Moto, mais uma vez o paredão tricolor mostrou o porquê de tal reconhecimento.

O Moto por várias vezes chegou com muito perigo ao ataque, mas sempre se deparava com Rodrigo Ramos, que fechou o gol sampaíno. Cobranças de falta, chutes de fora da área, cabeceios, nada passava pelo paredão.

A sua atuação foi tão impecável, que depois do apito final o goleiro saiu aplaudido de campo e ainda foi eleito como o melhor jogador em campo.

Djair ajuda o Sampaio, em sua volta aos gramados


O meia Djair, que chegou a falar como ex-jogador a alguns meios de comunicação, realizou sua primeira partida pelo Sampaio neste domingo. A partida marcou a volta do atleta aos campos depois de seis meses.

Sua estreia pelo tricolor se deu justamente no clássico contra o Moto e o meia ajudou o Tubarão a bater o rubro negro. Djair marcou o primeiro gol do jogo e ajudou bastante no ataque tricolor. Nada melhor do que voltar com uma vitória em cima do maior rival.

Sampaio vence e entra no G4


No superclássico deste domingo, o Sampaio venceu o Moto por 2 a 0. Djair, em sua volta aos gramados, marcou um dos gols. Com a vitória o tricolor entrou no G4 e a equipe rubro negra vê sua vaga, nas semifinais, ameaçada.

O jogo começou com meia hora de atraso, isso porque a ambulância não estava no estádio e o arbitro teve de aguardar a sua chegada. Com a bola rolando as duas equipes procuravam logo o ataque, tratando de ditarem o ritmo do jogo.

O primeiro gol do jogo saiu aos 15 minutos. Em sua volta aos gramados, Djair chutou da intermediaria, a bola desviou na zaga rubro negra, enganando o goleiro Raul, e morreu no fundo do gol. Depois do primeiro gol o Sampaio ainda teve uma boa oportunidade, mas a bola saiu pela linha de fundo.

O Moto sentiu o golpe e foi pra cima do tricolor. O rubro negro tentou de todas as formas possíveis, mas Rodrigo Ramos fechava o gol do Tubarão. Depois do apito final da primeira etapa, o técnico tricolor, Valter Ferreira, foi expulsou, por reclamar acintosamente com o árbitro da partida.

Na volta para a etapa final o Moto seguia melhor em campo, mas foi o Sampaio, que marcou. Em um contra ataque Selmir arrancou do meio campo, chutou em cima da zaga motense e a bola sobrou para o atacante Célio Codó, que chutou e ampliou o placar para o tricolor.

Mesmo perdendo o time rubro negro foi pra cima do Sampaio, mas Rodrigo Ramos estava em uma noite inspiradora. Fim de jogo e com a vitória o tricolor entrou no G4, passou o Moto e complicou a situação dos rubro negros, que ainda seguem no G4.

Ficha técnica

Local: Nhozinho Santos
Horário: 17h
Arbitragem: Gladstone Viana de Oliveira
Auxiliares: Cícero Romão Batista, Roberto da Costa
Sampaio: Rodrigo Ramos; Dailson, Mauro e Johildo; Mimica, Kaio (Marcelo Sá), Jadão, Edinho e Castor (Kleo), Selmir e Djair (Célio Codó). Técnico: Valter Ferreira
Moto: Raul; Hugo, Everton, Marcio Oliveira e Germano; Davis (Muller), Gegê (Leandro) e Rogério (Gil); Jeimys e Dilton. Técnico: Beato Lopes
Gols: Sampaio - Djair (15” 1ºT), Célio Codó (12” 2ºT)
Amarelos: Sampaio – Mimica, Djair, Marcelo Sá e Célio Codó Moto – Davis e Hugo
Vermelhos: Sampaio – Valter Ferreira e Mimica

JV Lideral vence clássico e segue na liderança

O caçula do futebol maranhense está impossível. Neste domingo, no clássico contra o Imperatriz, o JV Lideral venceu mais uma, chegou aos 27 pontos e segue com o aproveitamento perfeito. São sete jogos e sete vitórias na Copa União

O placar do jogo reflete um jogo equilibrado, mas a realidade é que o JV Lideral comandou toda a partida. O Trator venceu o Cavalo de Aço por 3 a 2. Os gols do Tratorzão foram marcados por Toninho, Valdanes e Pelezinho. Rubens e Teti contabilizaram para o Imperatriz.

A exemplo de 2009, quando Romarinho e Valdanes foram, artilheiro e vice artilheiro respectivamente, no estadual, o JV Lideral tem o artilheiro e o vice artilheiro da Copa União, Toninho, com 9 gols, e Valdanes, com 8 gols.

O próximo compromisso do JV Lideral é contra o Sampaio, no estádio Panelão. Já o Imperatriz, sem chances de classificação para as semifinais, encara o Mac, no Nhozinho Santos.

Mac empata com o Santa Quitéria

O Mac viajou até Santa Quitéria e empatou em 1 a 1 com os donos da casa. Com o resultado a equipe maqueana praticamente dá adeus a chance de brigar por uma das vagas nas semifinais do primeiro turno.

O time atleticano saiu na frente aos 14 minutos do primeiro tempo. Raimundinho cruzou e Naoh cabeceou para o fundo do gol. Mas o empate também veio na etapa inicial, Roberto foi o autor do gol de empate.

Na próxima rodada, o Mac enfrenta o Imperatriz no Nhozinho Santos e o Santa Quitéria, só volta a campo no próximo domingo, contra o Nacional.

Bacabal empata e sai do G4

O Bacabal enfrentou o lanterna Viana neste domingo e não saiu do 0 a 0. Com o empate o Leão do Mearim saiu do G4 e caiu para a quinta posição. Já o Viana segue na lanterna e ainda não sabe o que é vencer nesta temporada.

Com o resultado, o Bacabal precisará vencer o JV Lideral na última rodada e torcer por uma combinação de resultados, para voltar ao G4. O Viana só cumpre tabela e enfrenta o Nacional na próxima quinta-feira.

sábado, 20 de março de 2010

Superclássico agita a rodada de domingo

Sampaio e Moto se enfrentam neste domingo, às 17h, no estádio Nhozinho Santos. O jogo será mais um episódio a ficar registrado na história dos confrontos entre as duas maiores equipes do estado.

O Moto tem uma pequena vantagem em relação ao Sampaio, com 184 vitórias, contra 162 do arquirival. Mas o histórico recente aponta o tricolor como favorito. Em cinco jogos disputados no ano passado, o Tubarão tem quatro vitórias, contra uma do Papão.

Apesar dos números fica uma antiga história no ar, “clássico é clássico”. Até mesmo pela atual campanha das duas equipes o jogo tem tudo para ser bem equilibrado, sem favoritismo para nenhuma das duas equipes.

O Sampaio está em quinto lugar, com nove pontos, e ainda luta por uma vaga no G4. A equipe vem de um empate com o Atlético-PR, pela Copa do Brasil. O técnico Valter Ferreira está tendo alguns problemas para escalar a equipe, devido ao rendimento dos atletas. O treinador ainda procura a formação ideal para a equipe tricolor.

Já o Moto, também empatou na última rodada, com o Imperatriz, pela Copa União. Beato Lopes também enfrenta problemas para escalar a equipe, mas em função de jogadores suspensos e do desgaste físico dos atletas.

Clássico Imperial agita a Copa União

O mais recente clássico de Imperatriz terá apenas seu terceiro jogo neste domingo. a recente história da rivalidade entre Imperatriz e JV Lideral, começou apenas no ano de 2009, quando as equipes se enfrentaram apenas duas vezes. Nas duas ocasiões o Trator do Camaçari venceu o Cavalo de Aço.

Neste domingo os dois times voltam a se enfrentar às 17h, no estádio Panelão, em Porto Franco. A partida, que poderia reinaugurar o estádio Frei Epifânio, foi mantida em Porto Franco, pois a grama do estádio de Imperatriz está sendo trocada.

O JV Lideral já está com a classificação assegurada na Copa União e agora joga para manter a liderança da competição. No jogo deste domingo o técnico Sandow Fecques, deve poupar o meia Pelezinho e contará com o retorno do zagueiro Daniel Menezes, que cumpriu suspensão na última rodada.

No Imperatriz os pensamentos já estão voltados para o segundo turno. Isso porque a equipe tem pouquíssimas possibilidades de classificar-se para as semifinais do primeiro turno. O técnico Vinícius Saldanha vai contar com o retorno do meia Rubens e do zagueiro Fábio, ambos cumpriram suspensão na última rodada.

Duelo de leões

O Leão da Baixada, o Viana, recebe o Leão do Mearim, Bacabal, neste domingo às 15h45, no estádio Djalma Campos. No duelo dos leões, a equipe da casa tentará pelo menos melhorar seu desempenho na competição, já que para o técnico Braide, o período de testes terminou. O Leão da Baixada não tem nenhuma vitória na competição.

Já o Leão do Mearim, está surpreendendo e está no G4 da Copa União. O técnico Djalma Campos não terá nenhum problema para a partida deste domingo e deve utilizar a escalação dos últimos jogos.

Santa Quitéria encara o Mac

Santa Quitéria e Mac jogam neste domingo às 15h45, no estádio Rodrigão. Das duas equipes, o Mac é o único que ainda tem chances de se classificar para as semifinais do primeiro turno, mas o técnico Arlindo Azevedo já começa a trabalhar para a disputa do segundo turno.

O Mac não poderá contar com o atacante Edgar, expulso na última quinta-feira. No caso de uma vitória atleticana e de uma possível combinação de resultados, o técnico Arlindo Azevedo pode mudar de idéia e voltar a acreditar em uma vaga nas semifinais do primeiro turno.

Domingo de clássicos

A rodada deste domingo será marcada por dois jogos que prometem lotar os estádios. O primeiro, e de maior destaque é o Superclássico entre Sampaio e Moto. O jogo marca o encontro entre as duas maiores equipes do estado e pode ser promessa de casa cheia, a exemplo do que aconteceu na última quarta-feira, quando o Sampaio empatou com o Atlético-PR pela Copa do JustificarBrasil.

O jogo que é realizado desde 1937, será mais um para a galeria, deste que é o maior clássico do estado. Apesar de estar em melhor momento, o Sampaio não tem números tão superiores quanto o Moto para este jogo. Na realidade os rubros negros levam uma ligeira vantagem, já que possuem 184 vitórias, contra 162 dos tricolores. O número de gols também coloca o Papão em vantagem, são 687, contra 638 do Tubarão.

A pequena diferença nos números mostra o equilíbrio desta partida. A partida tem tudo para ser um dos grandes jogos da Copa União. Sampaio e Moto se enfrentam às 17h, deste domingo no estádio Nhozinho Santos.

Já o segundo clássico é mais recente. O novato JV Lideral já desponta como uma força no futebol e enfrenta o Imperatriz, no clássico Imperial. O jogo que marcaria a reinauguração do Frei Epifânio, teve de ser mantido no Panelão, devido a problemas na grama do estádio.

As duas equipes já se enfrentaram apenas duas vezes em competições oficiais. O JV Lideral venceu os dois confrontos. No primeiro o Trator venceu por 1 a 0 e no segundo por 3 a 0. Os dois jogos ocorreram no campeonato maranhense de 2009 e como o Imperatriz não disputou a Taça Cidade, no segundo semestre do anos passado. JV Lideral e Imperatriz jogam às 17h, deste domingo, no estádio Panelão em Porto Franco.

Nas outras duas partidas da rodada, o Viana, sem chances de classificação, recebe o Bacabal, que tenta se manter no G4 e o Mac, ainda brigando por uma vaga nas semifinais, viaja para enfrentar o Santa Quitéria.

Jogos da rodada - 20/03 - Domingo

15h45 – Viana x Bacabal – Djalma Campos
15h45 – Santa Quitéria x Mac – Rodrigão
17h – Imperatriz x JV Lideral – Panelão
17h – Sampaio x Moto – Nhozinho Santos

Mac dispensa dois jogadores

Para não sobrecarregar as despesas do departamento de futebol, o Mac está realizando uma limpa no clube. Os atletas que não apresentarem um bom rendimento nas partidas da equipe devem ser dispensados.

A lista de dispensa já começou a ser formada pelo zagueiro Baiano, contratado no final da semana passada, mas foi reprovado nos testes físicos, e o volante Zé Luis, que não agradou ao técnico Arlindo Azevedo, nas partidas em que disputou.

sexta-feira, 19 de março de 2010

Arlindo Azevedo já pensa no segundo turno

Depois do empate em 0 a 0 com o Iape na última quinta-feira, o Mac viu as chances de classificação diminuírem e se complicou na Copa União. Para continuar sonhando com uma vaga no G4 a equipe teria de vencer os seus dois últimos jogos e torcer por uma combinação de resultados.

Devido a estes fatores o técnico Arlindo Azevedo praticamente já descartou a possibilidade da equipe disputar as semifinais do primeiro turno. Para o treinador o importante agora é começar a planejar para fazer melhor no segundo turno, para assim poder lutar por uma vaga na final da Copa União.

Moto leva vantagem em relação ao Sampaio

Neste domingo será realizado o primeiro Superclássico do ano. Sampaio e Moto
voltarão a se encontrar no confronto que existe desde o ano de 1937. O duelo coloca frente a frente as duas maiores equipes do estado, o que é promessa de casa cheia neste fim de semana.

Até o momento, tricolores e rubro negros já se enfrentaram mais de 500 vezes e o Moto leva uma ligeira vantagem em relação ao Sampaio. O Papão já venceu o duelo em 184 oportunidades, enquanto o Sampaio conta com 162 vitórias.

O número de gols dos rubro negros também são superiores em relação aos tricolores, são 687 contra 638. Apesar de contar com os números a seu favor, o retrospecto do último ano, aponta o Sampaio como favorito. Em seis jogos disputados em 2009, o Tubarão venceu quatro. O Papão tem somente uma vitória e apenas um empate foi registrado entre as equipes.

Jogos de 2009

15/03 - Moto 1x4 Sampaio
10/05 - Sampaio 2x0 Moto
23/08 - Sampaio 2x1 Moto
27/09 - Moto 2x1 Sampaio
04/10 - Sampaio 1x1 Moto
25/10 - Moto 1x2 Sampaio

Sampaio - 12 gols
Moto - 6 gols

Ninguém segura o JV Lideral


Ninguém está podendo com o JV Lideral. O atual campeão maranhense está com o aproveitamento intacto na Copa União, é líder da competição, tem o melhor ataque, a melhor defesa e o artilheiro do certame.

Sua última vítima foi o Nacional, que tem surpreendido alguns adversários no primeiro turno, mas não pode fazer nada contra o Trator do Camaçari. Com os gols deste jogo o JV Lideral chegou a marca de 21 gols marcados, tendo o melhor ataque da competição.

Até quando parecem que vão bater no Tratorzão, a equipe reage e muda a história. Foi assim contra o Moto, quando perdiam por 2 a 0 no primeiro tempo, mas viraram o jogo na etapa final e venceram a partida por 4 a 2.

O artilheiro da Copa União também carrega o peso da camisa do JV Lideral. Toninho já tem oito gols contabilizados e é lidera, isoladamente, a lista de goleadores do certame. E na vice artilharia também conta com um atleta do Trator, Valdanes, com sete gols marcados.

A exemplo do ataque, a defesa também esta em boa fase. Depois de alguns vacilos nos primeiros jogos, o setor defensivo corrigiu suas falhas e agora a equipe imperatrizense tem a melhor defesa da competição, com apenas sete gols sofridos.

Melhor ataque
JV Lideral - 21 gols
Iape - 19 gols
Bacabal - 15 gols

Melhor defesa
JV Lideral - 7 gols sofridos
Sampaio - 7 gols sofridos
Iape - 8 gols soridos

Artilharia
Toninho (JV Lideral) - 8 gols
Valdanes (JV Lideral) - 7 gols
Edgar (Mac) - 6 gols

quinta-feira, 18 de março de 2010

Mac e Iape não balançam as redes

Mac e Iape não saíram balançaram a rede no jogo principal da noite desta quinta-feira no estádio Nhozinho Santos. Mais uma vez o Mac correu atrás de um bom resultado, mas saiu de campo apenas com o empate.

No primeiro tempo as duas equipes protagonizaram um jogo bastante equilibrado, mas nenhum dos times chegava com muito perigo ao gol. A melhor oportunidade do Iape vei com Curuca, que chutou de fora da área e Raimundão evitou o gol fazendo uma grande defesa.

Já o Mac tentava explorar a velocidade e a habilidade do talentoso Edgar. Mas o atacante estava bastante marcado e não levou muito perigo ao gol defendido por Flaubert. Fim de primeiro tempo e o placar continuava no zero no estádio Nhozinho Santos.

No segundo tempo o Mac voltou melhor. O clube atleticano pressionava o Canário da Ilha, que não conseguia subir ao ataque e ficava apenas na defensiva. A maior esperança gol do Mac, Edgar estava sempre bem marcado e sem espaço para criar.

Quando o Mac estava melhor no jogo, Edgar agrediu Curuca e foi expulso de campo. O zagueiro Tim Marcos, do Iape, também se envolveu na confusão e levou vermelho. Depois das expulsões o Mac seguiu pressionando, mas não chegou ao gol. Fim de jogo e nenhum gol no municipal.

Com o resultado o Iape segue na vice liderança da competição, mas vê o líder JV Lideral abrir quatro pontos de diferença. Já o Mac ganha mais um ponto e segue fora do G4.

Moto empata com o Imperatriz

O Moto apenas empatou com o Imperatriz no jogo desta quinta-feira pela Copa União. O rubro negro começou perdendo, mas igualou o placar. Com o resultado o Papão segue na terceira posição e o Cavalo de Aço vê classificação ficar cada vez mais longe.

O Imperatriz abriu o placar logo aos quatro minutos do primeiro tempo com o atacante Juninho. Com a desvantagem no placar o Moto se perdeu em campo e não conseguia criar boas jogadas, apesar de dominar a posse de bola.

O empate do rubro negro só veio aos 35 minutos do segundo tempo. O estreante Hugo Leonardo recebeu a bola na medida e chutou forte para deixar tudo igual. Nos últimos dez minutos do jogo, o rubro negro seguiu pressionando o Imperatriz, mas não conseguiu virar.

Fim de jogo, Moto e Imperatriz ficam no empate em 1 a 1. O resultado não foi dos piores para o Papão, que continua na terceira colocação e no G4. Já para o Imperatriz o resultado deixa a equipe muito distante de uma vaga nas semifinais do primeiro turno.

JV Lideral goleia e garante classificação

O JV Lideral passou fácil pelo Nacional na tarde desta quinta-feira. O Trator do Camaçari meteu 4 a 0 na equipe de Santa Inês e complicou a vida do Naça na competição. Os gols do jogo foram marcados por Toninho, Valdanes, Daniel Barros e Jackson.

Toninho somou mais um para sua coleção e segue como artilheiro da Copa União, com oito gols marcados. Com a vitória o JV Lideral chegou aos 18 pontos, garantiu, com três rodadas de antecedência, a sua classificação para as semifinais da Copa União e segue com o incrível aproveitamento de 100%

Agora a meta da equipe imperatrizense é terminar a fase de classificação como líder e o aproveitamento perfeito. JV Lideral volta a campo no próximo domingo contra o Imperatriz.

A camisa pesou


A atuação da arbitragem do cearense Francisco Carlos Feitosa, no jogo entre Sampaio e Atlético-PR, na última quarta-feira, pela Copa do Brasil, foi lamentável. Logo no primeiro minuto de jogo o zagueiro Deivid, deveria receber cartão amarelo, pela forte entrada que deu em Rigo, ocasionando a lesão no braço esquerdo do lateral tricolor.

Só no primeiro tempo a arbitragem deixou de marcar várias faltas claras para o Sampaio e não expulsou Deivid, que bateu demais durante toda a primeira etapa. Mas se o cearense fazia vista grossa para as faltas favorecendo o Sampaio, quando era a vez do Atlético-PR, a situação era diferente.

Para os paranaense o árbitro inventava até faltas, algumas de fato ocorriam, como a que originou o gol de Paulo Baier, mas outras, até um cego via que não ocorreu. Só por estes detalhes podemos notar que a camisa pesou neste jogo. Esperamos agora uma arbitragem de maior nível para a partida de volta, no dia 1º de abril na Arena da Baixada.

Peñarol na reinauguração do Frei Epifânio

Depois do adiamento da reinauguração do estádio Frei Epifânio, que aconteceria no próximo domingo no clássico entre Imperatriz e JV Lideral, já está tudo definido para o evento que ocorrerá no dia 10 de abril.

Como o planejado pelo governo estadual a reabertura do estádio será com um grande jogo. A meta era trazer uma das grandes equipes do futebol nacional para jogar em Imperatriz, mas todas estão com a agenda cheia em função da Copa do Brasil, dos estaduais e da Libertadores.

Com isso o governo buscou um clube de grande expressão, mas fora do país, trata-se do
Peñarol. A tradicional equipe uruguaia que já participou de várias Libertadores, onde já levantou cinco títulos (60, 61, 66, 82 e 87), enfrentará um combinado formado pelos jogadores do Imperatriz e do JV Lideral.

Rigo ficará parado por dois meses


O lateral Rigo, do Sampaio, fraturou o braço em uma dividida com o zagueiro Deivid, do Atlético-PR, no jogo da última quarta-feira. O lance ocorreu logo aos dois minutos de jogo, quando Rigo estava armando o primeiro ataque tricolor do jogo.

Por causa da gravidade da lesão, o lateral deixou o campo na ambulância e foi levado imediatamente para o hospital. De acordo com o vice presidente do Sampaio, Nilson Garcia, as previsões iniciais indicam que o atleta deve ficar para por 60 dias.

Apesar do prazo dado pelos médicos a diretoria tricolor acredita que o tempo de recuperação do atleta pode ser reduzido. Tudo vai depender da evolução do lateral durante as sessões de fisioterapia.

Rigo jogou somente 47 minutos pelo Sampaio. O lateral foi contratado na última semana e já havia entrado no segundo na partida entre Sampaio e Mac, no último domingo.

Sampaio fica no empate com o Atlético-PR

Diferentemente de 1999, quando o Sampaio foi eliminado logo no primeiro jogo pelo Atlético-PR, o jogo desta quarta-feira terminou empatado e garantiu ao tricolor o direito de disputar a segunda partida em Curitiba. Os gols do jogo foram marcados por Paulo Baier e Castor. Antes da bola rolar algumas prisões foram efetuadas, em virtude da venda de ingressos falsos nos arredores do estádio.

Logo nos primeiros minutos da partida o Sampaio sofreu uma baixa. O lateral Rigo armou uma bela jogada pela direita e foi derrubado, violentamente, pelo zagueiro Deivid. O lateral tricolor fraturou o braço e teve de ser retirado do campo pela ambulância. As previsões iniciais indicam que Rigo deve ficar fora por cerca de 60 dias.

Com a saída de Rigo, Valter Ferreira teve de mudar o estilo de jogo do Sampaio. Jadão entrou na equipe para ser o cão de guarda tricolor. O Tubarão levava o jogo de igual para igual com o Atlético-PR, que respeitou bastante a equipe maranhense.

Mas o equilíbrio do jogo caiu aos 22 minutos da primeira etapa. Uma falta na entrada da área maranhense, Paulo Baier na cobrança e bola no fundo do gol, 1 a 0 para o Atlético-PR. O Sampaio sentiu o golpe e caiu de produção por cerca de cinco minutos.

Aos 32 minutos Selmir chutou forte, mas o goleiro Neto fez boa defesa. Mais tarde, Selmir voltou a aparecer e bateu fraco para fácil defesa do goleiro atleticano. Depois das chances do tricolor foi a vez do Furacão levar perigo.

Neto Baiano chutou cruzado e a bola passou muito próxima ao gol de Rodrigo Ramos. Paulo Baier foi cobrar mais uma falta, mas bateu rasteira sem muito perigo para a equipe maranhense. Antes do final do primeiro tempo, Castor ainda arriscou um chute que tirou tinta da trave do gol atleticano.

No segundo tempo o Sampaio voltou melhor e logo marcou. Aos 2 minutos, Castor cobrou falta, Johildo fez o porta luz e a bola foi para o fundo do gol. Tudo igual no placar do municipal.
Com o gol o Sampaio foi para cima tentando a vitória, mas a equipe logo foi cansando e viu o Atlético-PR voltar a mandar no jogo. Mesmo com a equipe paranaense levando muito perigo ao gol sampaíno, os maranhenses tentavam armar contra ataques, mas a marcação do Furacão não dava espaço.

Fim de jogo e empate de 1 a 1 entre Sampaio e Atlético-PR. Com o resultado em São Luis, o Sampaio precisa de uma vitória ou qualquer empate com mais de dois gols para garantir a classificação. Já para o Atlético-PR, basta um empate em 0 a 0 ou qualquer viória. O empate em 1 a 1 é o único placar que garante a disputa da vaga nos pênaltis. A partida de volta será realizada no dia 1º de abril na Arena da Baixada, casa do Furacão.

Ficha técnica

Local: Nhozinho Santos
Horário: 21h
Árbitro: Cleston Santino Pereira (CE)
Auxiliares: Francisco Carlos Feitosa da Silva (CE) e Francisco Rudson Rocha Aquino (CE)
Sampaio: Rodrigo Ramos; Mimica, Mauro e Johildo; Fernandinho (Dailson), André Ramos, Tica, Castor (Kleo) e Rigo (Jadão); Selmir e Gabriel. Técnico: Válter Ferreira
Atlético-PR: Neto; Deivid (Raul), Manoel e Rodolfo; Chico, Márcio Azevedo, Netinho, Valência, Paulo Baier (Bruno Furlan); Javier Toledo (Tartá) e Bruno Mineiro. Técnico: Leandro Niehues
Gols: Sampaio: Castor (2” 2ºT) Atlético-PR: Paulo Baier (22” 1ºT)
Amarelos: Sampaio: Castor Atlético-PR: Deivid

quarta-feira, 17 de março de 2010

Iape volta a campo, contra o Mac

O vice líder Iape volta a entrar em campo nesta quinta-feira contra o Mac. O Canário da Ilha pode garantir a vaga nas semifinais antecipadamente caso vença o jogo de hoje. Já o Mac precisa da vitória para continuar na briga por uma vaga no G4.

O técnico Cabrera não tem problemas para escalar o Iape e deve usar a mesma formação que vem utilizando nos últimos jogos. Vanvan segue no ataque e Gilson no banco da equipe.

Já o Mac pode contar com as estréias dos zagueiros Glauber e Baiano, contratados no fim da última semana. O técnico Arlindo Azevedo espera que a equipe não volte a cometer erros, como nos últimos jogos, quando os atleticanos venciam por dois ou mais gols, mas deixaram os adversários empatarem e até virarem.

Se depender do retrospecto o jogo deve ser bastante equilibrado e o Iape tem uma grande vantagem em relação ao Mac. Em cinco jogos disputados a equipe atleticana venceu apenas um, e o Canário venceu três. O único empate ocorreu pela Taça Cidade quando os times ficaram na igualdade de 1 a 1.

Histórico: Mac x Iape
05.02.09 - Mac 2 X 1 Iape - Campeonato Maranhense
08.05.09 - Mac 0 X 1 Iape - Campeonato Maranhense
06.07.09 - Mac 0 X 1 Iape - Amistoso
20.08.09 - Mac 1 X 1 Iape - Taça Cidade
20.09.09 - Mac 0 X 1 Iape - Taça Cidade

Vitórias do Mac – 1
Gols pró (Mac) – 3

Vitórias do Iape – 3
Gols pró (Iape) – 5

Moto enfrenta o Imperatriz nesta quinta-feira

Nesta quinta-feira Moto e Imperatriz jogam às 18h30, pela Copa União. As duas equipes perderam seus últimos jogos e precisam reagir na competição. No Moto a situação não é tão crítica, já que a equipe está no G4. Mas o Imperatriz precisa da vitória para continuar sonhando com uma vaga nas semifinais do primeiro turno.

No Moto o técnico Beato Lopes tem problemas para escalar a equipe. O atacante Jheymis e o lateral direito Delacy estão sentindo dores musculares e são dúvidas para o jogo. O lateral esquerdo Marcio Oliveira foi expulso no último jogo e cumpre suspensão.

Com isso é provável que Fernando vá para a lateral esquerda e Adriano para a direita. No ataque Dilton deve ter como companhia, o matador Gil Matinha, que vem ficando no banco depois das boas atuações de Jheymis.

Na equipe do Imperatriz o técnico Vinícius Saldanha não terá problemas quanto a escalação. Alguns atletas voltam a campo, como o volante Calebe, que cumpriu suspensão na última rodada.
O maior problema da equipe é a tabela da competição. O Cavalo de Aço está na vice lanterna, com apenas cinco pontos e precisa da vitória para continuar sonhando com uma vaga nas semifinais do primeiro turno.

Nacional recebe o imbatível JV Lideral

O Nacional encara o JV Lideral as 15h45 nesta quinta-feira no estádio Lourão, em Pindaré Mirim. O Naça espera surpreender mais uma vez, mas agora a missão é mais complicada. O JV Lideral está invicto e com o aproveitamento de 100% de aproveitamento na competição.

O Trator do Camaçari vai contar com a volta do lateral Jefferson e do volante Vagno, ambos cumpriram suspensão na última rodada. No caso de uma vitória na partida desta quinta o Tratorzão garante, matematicamente, a classificação para as semifinais.

Pitacos da rodada


Hoje tem Sampaio e Atlético-PR pela Copa do Brasil. O tricolor maranhense não tem um bom retrospecto contra a equipe paranaense, em dois jogos foram duas derrotas. A última por sinal ocorreu na Copa do Brasil no ano de 1999. O Sampaio fazia sua estreia na competição do ano e acabou levando um 3 a 1 do Furacão, e perdeu o direito de disputar a partida de volta, pois perdeu por dois gols de diferença em casa na primeira fase.

Para o jogo de hoje a torcida maranhense pode ter esperanças, já que o rubro negro paranaense não poderá contar com Alex Mineiro e o volante Alan Bahia, sem dúvidas fazem muita falta ao time. Por outro lado o experiente Paulo Baier estará em campo e pode complicar o jogo para os maranhenses.

O técnico Valter Ferreira mostrou que sabe armar o time e pode surpreender na partida de hoje a noite. Com isso meu pitaco é esse Sampaio 1x0 Atlético-PR. Resultado difícil mas não impossível.

Maranhenses e piauienses estão fora da Copa Nordeste

O presidente da Liga do Nordeste, Eduardo Rocha, declarou em entrevista, que apenas sete estados (Bahia, Sergipe, Pernambuco, Paraíba, Ceará, Rio Grande do Norte e Alagoas) participarão da Copa Nordeste que deve voltar a ser realizada ainda neste ano.

Eduardo Rocha também informou que está sendo estudada a possibilidade do campeão da competição disputar uma vaga na Copa Sulamericana, com o último classificado pelo campeonato brasileiro. De acordo com o presidente este ponto ainda está sendo analisado pela CBF.

A Copa Nordeste ainda contará com uma espécie de segunda divisão. Na qual os times, dos sete estados da Liga, que não disputarem a competição principal, brigam por uma vaga no torneio do ano seguinte. Deste modo o último colocado seria rebaixado.

Pelas declarações de Eduardo Rocha nota-se que os estados do Maranhão e do Piauí não terão seus representantes na competição. Caso os estados queiram uma vaga na competição, ao que tudo indica deverão indicar uma equipe para a disputa da “segunda divisão” e brigar pelo título e pelo acesso.

Confira o aúdio da entrevista aqui

Moto cheio de desfalques

Para o jogo da próxima quinta-feira contra o Imperatriz pela Copa União, o Moto poderá ter alguns desfalques. Começando pelo lateral Marcio Oliveira, que foi expulso no jogo do último domingo. Para seu lugar Beato Lopes deve mandar o jovem Fernando.

Outra mudança é o goleiro Raul, que retorna ao gol rubro negro depois de cumprir suspensão por ter recebido o terceiro cartão amarelo. Mas no ataque e na lateral direita, Jheymis e Dellacy, respectivamente, são dúvidas para o jogo.

Os dois atletas estão sentindo dores musculares e serão observados no treino desta tarde. Caso não estejam em condições de jogo, Adriano vai para a lateral e Gil Matinha formará o ataque motense.

Djair acerta com o Sampaio

O meia Djair está recuperado da lesão que sofreu no início da temporada, durante os treinos do Sampaio. O atleta que foi contratado para ser o camisa 10 da equipe tricolor chegou a ter sua aposentadoria cogitada ou, até mesmo podendo assumir o cargo no departamento técnico no próprio clube.

Mas como Djair é um excelente jogador, a diretoria tricolor fechar um contrato de risco com o meia. Caso o acordo seja feito é bem provável que ele já esteja na relação para o jogo de domingo, o Superclássico, contra o Moto pela Copa União.

Expectativa de casa cheia


Os ingressos para o jogo entre Sampaio e Atlético-PR, pela Copa do Brasil, estão a venda desde o último domingo. Na última terça-feira foi grande a movimentação dos torcedores para adquirir os ingressos do jogo desta quarta.

A exemplo da última partida, entre Sampaio e São Domingos-SE, também pela Copa do Brasil, a torcida tricolor deve lotar o estádio para apoiar a equipe maranhense. Foram colocados cerca de 15mil ingressos a disposição dos torcedores.

terça-feira, 16 de março de 2010

Sampaio nunca venceu o Atlético-PR

Se depender do retrospecto do Sampaio contra o Atlético-PR, a torcida maranhense não pode esperar muito do tricolor maranhense. As duas equipes se enfrentaram apenas duas vezes em competições oficiais.

O primeiro encontro entre as duas equipes foi no dia 2 de junho de 1974, pelo campeonato brasileiro. O jogo foi realizado no estádio Castelão, mas o apoio da torcida não bastou para o Sampaio vencer o Atlético-PR. O tricolor perdeu por 1 a 0, o gol do jogo foi marcado pelo atacante Sérgio Galocha.

As equipes só voltarão a se encontrar 25 anos depois, desta vez pela Copa do Brasil de 1999. A partida marcava a estréia do Sampaio na competição daquele ano. A partida foi realizada no Castelão, e mais uma vez o Tubarão caiu diante do Furacão, só que agora por 3 a 1.

O único gol do Sampaio foi marcado pelo lateral Toninho. Pelo rubro negro paranaense, Adriano Gabiru e Lucas (2), balançaram as redes. Como a diferença foi de dois gols, o Sampaio não teve o direito ao jogo de volta na Arena da Baixada.

Sampaio enfrenta o Atlético-PR

Nesta quarta-feira, no estádio Nhozinho Santos, Sampaio e Atlético-PR se enfrentam pela segunda fase da Copa do Brasil. O jogo será apenas o terceiro encontro entre as duas equipes. O último confronto foi em 1999, também pela Copa do Brasil. Na ocasião, a partida foi realizada no Castelão, onde o tricolor enfrentou o rubro negro na primeira fase da competição e perdeu por 3 a 1, sendo eliminado no primeiro jogo.

Mas a partida desta quarta-feira tende a ser diferente, até mesmo devido aos desfalques que o Atlético-PR tem. O rubro negro paranaense, comandado por Leandro Niehues não poderá contar com o atacante Alex Mineiro e o volante Alan Bahia.

O Furacão desembarcou em São Luis na última segunda-feira e já chegou falando em eliminar o jogo de volta. Mesmo com este objetivo a equipe deve entrar com um time misto, mas o meia Paulo Baier, o atacante Bruno Mineiro e o zagueiro maranhense devem estar na lista dos onze iniciais do rubro negro.

Já no Sampaio o técnico Valter Ferreira também deve realizar algumas mudanças para o jogo desta quarta. Thiago Miracema fraturou a mão no domingo e Eloir, se recupera de uma lesão na coxa, são os desfalques do tricolor para esta quarta. Com a ausências dos atletas, Gabriel deve compor o ataque ao lado de Selmir, e Kleo entra na vaga de
Eloir.

Outra novidade é a entrada do lateral Rigo no time titular. O atleta atuou apenas no segundo tempo, na partida do último domingo, contra o Moto. Nos demais setores não deve haver nenhuma alteração.

O infeliz artigo de Marco Aurélio D'Eça

Não sou de ficar opinando em artigos dos outros, mas o artigo que o Marco Aurélio D’Eça escreveu em seu blog no portal imirante.com é lamentável. Além de ofender, caluniar os jogadores, a torcida e a direção do Flamengo, ele ainda fala mal do povo carioca em algumas partes do texto que pode ser acessado no link http://colunas.imirante.com/marcosdeca/2010/03/15/o-flamengo-parece-um-antro-de-marginais/comment-page-4/#comment-43552

“O centro-avante Adriano é um cachaceiro marginal e descontrolado, protegido pela mídia flamenguista e financiada por quem quer vê-lo na Copa.

Wagner Love é marginal mesmo, destes que participam de festas de partilhas de roubo com traficantes e acham normal a convivência.

O goleiro Bruno se revela um marido brutamontes, agressor de mulher e farrista inveterado.

Além deles, vários jogadores rubro-negros participam de farras e bebedeiras antes, depois e até durante os jogos do Flamengo.

Nenhum outro time de futebol no Brasil abriga tantos marginais e gente desajustada quanto o Flamengo – marginais no sentido amplo da palavra, aqueles que vivem, por exclusão ou opção, à margem da sociedade organizada. E civilizada.

Nenhum outro time registra tantos jogadores com problemas sociais quanto o Flamengo.
Até os dirigentes do clube – incluindo a atual presidente – têm o sotaque da gíria malandra carioca, de gente que gosta de bagaceira e festança baixo nível.

Este é o Flamengo, parece um antro de marginais.

Movidos, no mínimo, pela ausência de bom senso, os donos da Choppana, em São Luís, resolveram abrir a casa para acompanhamento compatrilhado de torcidas durante os jogos.

Os vascaínos disseram não à idéia estapafúrdia e procuraram outro local para se concentrar e
fazer a festa do futebol.

Porque sabem ganhar e perder com a mesma educação.

Não dá para compartilhar o mesmo espaço em ambientes públicos com flamenguistas – jogadores ou torcedores.

É pedir por agressão…” Marco Aurélio D’Eça

Ainda bem que este “jornalista” não atua na área esportiva. Infelizmente são estas pessoas que tiram a credibilidade dos profissionais que atuam na região. Se ele só comentasse no intuito de provocação por parte das torcidas, não haveria mal nenhum.

Mas falar da vida dos atletas como se soubesse detalhe por detalhe, insultá-los e ainda insultar o povo carioca me desculpe.

Na boa esse cara tem de ser punido de todas as formas.

Reinauguração do Frei Epifânio é adiada

No dia 21 de março, JV Lideral e Imperatriz realizariam o clássico Imperial pela Copa União. Na ocasião o estádio Frei Epifânio seria reinaugurado depois das reformas pelas que passou.

Mas devido a problemas com a grama, a reabertura foi adiada para o dia 10 de abril. O secretário de comunicação do estado, Sérgio Macedo, informou que toda a grama deverá ser trocada.

Sem o clássico Imperial para reinaugurar o estádio, o secretário ainda informou que deve ser realizado um amistoso entre uma grande equipe e um combinado formado pelos melhores jogadores do JV Lideral e Imperatriz.

Iluminação “nova” para a Copa do Brasil

Para melhorar a iluminação do estádio Nhozinho Santos, a prefeitura resolver fazer uma espécie de “gambiarra”. Na cobertura do setor de cadeiras, foram colocadas estruturas onde foram fixados os refletores extras para a partida da Copa do Brasil. Ao total, são 15 novos refletores, cada um de 2.000 watts de potência.

Esta estrutura está montada desde o último domingo, mas ainda não foi utilizada e nem testada. Os testes que deveriam ocorrer durante ou depois do jogo entre Sampaio e Mac, no último domingo não foram realizados. Com isso os ajustes finais devem ser realizados na noite desta terça-feira, quando serão realizados os testes da “nova” iluminação.